publicidade

Blog do Amaury Jr

Viagem sagrada: conheça os 10 templos religiosos mais bonitos do mundo

Locais sagrados, construídos para aproximar o homem das divindades, os templos ao redor do mundo são locais de visita obrigatória para turistas. Erguidos há séculos ou milênios, com altos orçamentos e, em muitos casos, cobertos por ouro ou outros metais preciosos, são hoje considerados patrimônio histórico. Abaixo, uma seleção dos dez templos mais bonitos ao redor do mundo – incluindo um ainda em construção.

1. Angkor Wat, Cambodia

Angkor Wat é um templo budista construído pela civilização Khmer. Mais de dois milhões de pessoas visitam o local anualmente. É a principal atração de Angkor e monumento nacional do Camboja. Está até representado na bandeira e nas cédulas de dinheiro cambojanos.

2. Borobudur, Indonésia

O maior templo budista do mundo fica na Indonésia. E é esse aí da foto, o Borobudur. Ele é tão incrível que já se tornou o principal ponto turístico do país, e é classificado como Patrimônio Mundial pela Unesco. Localizado na Ilha de Java, o monumento abrange uma área enorme, em plena selva tropical.

3. Jetavanaramaya, Sri Lanka

É um dos oito lugares sagrados do Sri Lanka, e é considerado o templo budista mais alto do mundo antigo, com 121 metros de altura. O homem que iniciou a construção foi Mahasena de Anuradhapura, mas quem terminou a obra foi seu filho, Maghavanna I.

4. Prambanan, Indonésia

Dizem ser o templo hindu mais bonito do mundo. Prambanan é o maior templo hindu na Indonésia e é dedicado ao Deus Shiva, que é o destaque da estrutura mais imponente, com 47 metros de altura.

5. Shwedagon Pagoda, Myanmar

O nome Shwedagon é composto das palavras shwe, ouro, e dagon, que é o nome antigo de Yangon, a cidade onde ele está localizado. Devido a vários terremotos e saques, ele foi reconstruído muitas vezes, então o que vemos hoje é uma sobreposição de diversas fases da estrutura. A estrutura dourada tem cerca de 98 metros de altura e é coberta por placas de ouro. Ao visitar o local, é comum ver os habitantes meditando, orando, fazendo oferendas em silêncio contemplativo ao mesmo tempo em que turistas conversam, riem e se divertem.

6. Sri Ranganathaswamy, Índia

O Sri Ranganathaswamy  é um templo hindu dedicado ao Deus Ranganatha. Localizado no sul da Índia, é um dos mais ilustres da região, que é rica em lendas e histórias. A área da base tem cerca de  530 m² e o topo tem 72 metros de altura. São 11 níveis da base até o alto.  O templo ocupa uma área de 156 hectares, sendo o maior templo da Índia e um dos maiores complexos religiosos do mundo.

7. Templo do Céu, China

O Templo do Céu, na China, tem peculiaridades que estão fora dos padrões ou das regras básicas da arquitetura chinesa. Como ele é um culto ao céu, possui a cor azul, apesar de ter muito amarelo nos detalhes. Também é dedicado às orações para uma boa colheita, com um pavilhão redondo e sem vigas de apoio para esse fim.

Outro ponto do templo é o Altar do Terraço, que foi construído para as orações dos imperadores. Como as cerimônias se dedicavam às orações ao Céu, ele é aberto. O ponto central do terraço é um disco com 1 metro de diâmetro, o “coração do Céu”, onde o Imperador se colocava para as orações. Seria o local de maior contato com o céu ou com o paraíso. Sua acústica é perfeita: qualquer murmúrio se transforma num grande eco. O número 9 é simbolicamente usado por ser o maior número ímpar. O pavimento do Altar do Terraço é feito com pedras dispostas em círculos. O primeiro círculo possui nove pedras, o segundo, 18. E assim vai até o nono círculo, com 81 pedras. Suas escadas também possuem 9 graus, respectivamente. O Templo do Céu foi declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO em 1998.

8. Templo Dourado, Índia

A história do Templo, em hindi chamado de Harmandir Sahib, não inspira tanta paz quanto a que existe no local atualmente. Foi fundado em 1577, pelo quarto Guru dos Sikhs, e sua construção – no centro de uma grande piscina – só terminou em 1604. Em 1761, o Templo foi atacado e destruído por um exército afegão. Foi reconstruído em 1764, mas somente em 1802 ganhou essa cobertura com placas de cobre dourado, passando a ser conhecido como Templo Dourado. O santuário tem quatro entradas, que simbolizam a importância da aceitação e da abertura. A arquitetura é uma mistura dos estilos hindu e islâmico, e o domo dourado é coberto de 750 kg de ouro puro.

9. Mosteiro de Taktsang, Butão

O Mosteiro de Taktsang foi construído em 1692 na boca da caverna Taktsang Senge Samdup, onde o santo budista Guru Padmasambhava teria meditado.

10. Wat Rong Khun, Tailândia

Esse templo na Tailância é conhecido como o Templo Braco. Nessa construção impressionante e cheia de detalhes, os elementos derivados das tradições budistas e hindus se misturam com inúmeras referências à cultura pop ocidental. Projetado pelo artista tailandês Chalermchai Kositpipat, o Templo Branco começou a ser erguido em 1998 e só será concluído em 2070. Se a beleza da construção e a riqueza dos detalhes já são de tirar o fôlego agora, imaginem como o templo ficará daqui a 60 anos?  A construção e o jardim são tão lindos que não parecem reais. Um belo lago cercado por simpáticas criaturas mitológicas completam a paisagem.