publicidade

Blog do Amaury Jr

Mansão em que Picasso viveu seus últimos anos vai a leilão por R$ 75 mi

Picasso viveu em Mas de Notre Dame de Vie de 1961 a 1973 (Fotos: Divulgação)

 

Em seus últimos anos de vida, entre 1961 e 1973, o pintor Pablo Picasso se refugiou em sua casa de campo na Riviera Francesa, chamada Mas de Notre Dame de Vie. Isolada em uma encosta do balneário, e com vista para a baía de Cannes e o Mar Mediterrâneo, era tudo o que o pintor, considerado o maior artista do século 20, precisava para se dedicar sem distrações ao seu trabalho.

No próximo mês, a exuberante propriedade de 2.400 metros quadrados – 1.500 metros quadrados só para a casa principal – vai a leilão com lance inicial de US$ 24 milhões (cerca de R$ 75 milhões). A mansão tem 15 quartos e 12 banheiros ao todo, além de quadra de tênis profissional, piscina de borda infinita, academia, spa, hamman, adega climatizada para 5 mil garrafas, um estúdio e até uma galeria de arte.

Cliques do artista em sua casa (Fotos: Divulgação)

 

No mesmo terreno, ficam ainda a casa de piscina, com 350 metros quadrados, a casa de hóspedes, com 250 metros quadrados – são cinco apartamentos, três com sua própria sala de estar -, e uma casa de vigilância com 120 metros quadrados.

Leia mais: Alanis Morissette coloca mansão em Los Angeles à venda por R$ 17 Milhões. Veja fotos!

Leia mais: Mansão ‘medieval’ de Mel Gibson em Malibu está à venda por R$ 54 milhões. Confira as fotos!

A mansão ficou abandonada durante 30 anos, desde a morte da esposa de Picasso, Jacqueline Roque, em 1986. Depois da morte de Picasso, em 1973, ela não mexeu em nada na casa. Até os óculos de leitura do artista estavam onde ele tinha deixado.

A entrada principal da mansão de 1.500 metros quadrados (Foto: Divulgação)

 

Comprada há cinco anos por Tom Moeskops, um investidor imobiliário holandês, passou por uma longa reforma, comandada pelo renomado arquiteto belga Axel Vervoordt. Foram dois anos de trabalho, com cerca de 100 pessoas envolvidas, para revitalizar e modernizar a propriedade. Os jardins receberam atenção especial e foram restaurados de acordo com o design original de Picasso.

Em janeiro deste ano, a propriedade foi comprada de Moeskops por uma empresa de investimentos da família real de Brunei, que a colocou em leilão pela Residence 365, uma afiliada da Christie’s International Estate. O martelo vai ser batido no dia 12 de outubro.

Confira mais detalhes da mansão:

Living room no andar térreo (Foto: Divulgação)

 

A suíte master (Foto: Divulgação)

 

A casa principal tem quatro quartos como este (Foto: Divulgação)

 

Piscina de borda infinita (Foto: Divulgação)

 

Living room com entrada pelos jardins (Foto: Divulgação)

 

Detalhes da área externa e do terraço (Foto: Divulgação)

 

Este é o banheiro da suíte master (Foto: Divulgação)

 

Picasso reformou a mansão para incluir na planta um estúdio e uma galeria de arte (Foto: Divulgação)