publicidade

Blog do Amaury Jr

Parceria da Universidade Brasil com Corinthians e Flamengo já tem frutos: 15 jovens em sala de aula

Foto: Divulgação

 

Os primeiros frutos do projeto “Esporte com Educação” agora podem ser colhidos: dos 50 jovens que receberam bolsas para estudar na Universidade Brasil, 15 já estão em sala de aula.

Leia mais: Agora os gols do Flamengo também valem bolsas de estudo na Universidade Brasil

A parceria entre a Universidade Brasil e os clubes Corinthians e Flamengo beneficia jovens de baixa renda com bolsas de estudo de 100% durante toda a graduação. Funciona assim: o time tem direito a uma bolsa a cada vitória, gol marcado, grande defesa do goleiro e permanência na liderança após o fim da rodada. Por exemplo, em uma partida em que o Corinthians vença por 1 x 0, mantenha a liderança e tenha uma grande defesa do goleiro, ele tem direito a quatro bolsas de estudo para uma das ONGs parceiras.

No último dia 21, os 15 novos calouros deram início à vida acadêmica. Oficialmente, assistiram ao primeiro de muitos dias de aulas na unidade de Itaquera. Foram recepcionados pela diretora do campus, Adamaris Cavalcanti, que se sentiu privilegiada em fazer parte desse projeto inovador da instituição. “Nós estamos cumprindo nossa missão de uma educação com qualidade, com responsabilidade, com crescimento e, principalmente, inclusiva. Nós vamos ter os frutos disso logo. Vamos ver esses meninos tendo uma carreira e levando a marca da Universidade Brasil”, afirmou a diretora.

Leia mais: Universidade Brasil negocia campus na Arena Corinthians

Entre os cursos escolhidos, enfermagem foi o campeão: cinco alunos. Em seguida vieram administração e educação física, com três alunos em cada. Dois escolheram psicologia e os outros dois optaram por pedagogia e fisioterapia. Os alunos ficam totalmente livres para escolher entre os 53 cursos oferecidos, e os estudantes do Rio de Janeiro cursam faculdades conveniadas à Universidade Brasil em seu estado, como o Centro Universitário Moacyr Sreder Bastos.

Desde o momento em que foram selecionados pelo departamento social do Corinthians até a data do processo seletivo – eles passam por uma espécie de vestibular -, houve um intenso trabalho de conscientização tanto com os jovens quanto com suas famílias sobre a importância do ensino superior. “Eu nunca pensei que falar de universidade pudesse mexer tanto com o emocional de uma família. É como se uma luz tivesse se acendido do nada e agora eles estão com uma expectativa muito grande. Essa bolsa ainda é impactante na vida deles”, revelou Robert Gomes dos Santos, assistente administrativo da Casa dos Meninos 1 – uma das ONGs parceiras do projeto.

Leia mais: Tudo sobre a parceria entre a Universidade Brasil e Flamengo

Estão pendentes ainda 11 bolsas de jovens que terminarão o ensino médio no segundo semestre de 2017, e que irão iniciar a faculdade no primeiro semestre de 2018.

Para Fernando Costa, reitor da Universidade Brasil, “o projeto irá transformar a vida de muitos jovens e contribuir para um Brasil melhor”. E cita o educador Paulo Freire: “Educação não transforma o mundo. Educação muda as pessoas. Pessoas transformam o mundo”.