publicidade

Blog do Amaury Jr

Miguel Falabella arrasa em look dourado no 5º Prêmio Bibi Ferreira

Miguel Falabella e Alessandra Maestrini trocaram de figurino na entrega do 5º Prêmio Bibi Ferreira (Naira Messa/Divulgação)

 

A quinta edição do Prêmio Bibi Ferreira – que neste ano corria o risco de não se realizar por falta de patrocínio, como este blog havia antecipado – reuniu artistas e amantes do teatro musical na noite dessa quarta-feira, 18, no Teatro Santander, no Shopping JK Iguatemi.

Os mestres de cerimônia, Alessandra Maestrini e Miguel Falabella, trocaram de figurino em uma das apresentações da noite. Uma brincadeira, mas também uma forma de celebrar a diversidade em tempos intolerância.

Entre os convidados estavam Eva Wilma, Adriana Lessa, Flávio Bauraqui, Jarbas Homem de Mello, Leonardo Miggiorin, Marcelo Médici e Bruno Fagundes. No júri técnico, Charles Dalla, Christiane Matallo, Jamil Dias, Luiz Amorim, Ricardo Monteiro, Rogerio Matias e Ubiratan Brasil.

LEIA MAIS: Conheça os musicais indicados para a 5ª edição do Prêmio Bibi Ferreira

Neste ano, além das categorias tradicionais, como melhores atores, melhor diretor, cenografia etc., também foi premiado o Melhor Visagista – quem levou foi a dupla Hugo Daniel e Paulette Pink, por seu trabalho em “Forever Young”.

Confira os vencedores:

MELHOR MUSICAL: “Les Misérables”

MELHOR MUSICAL BRASILEIRO: “Auê”

MELHOR ATRIZ: Laila Garin – “Gota D’Água [À Seco]”

MELHOR ATOR: Paulo Szot – “My Fair Lady”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE: Andrezza Massei – “Les Misérables”

MELHOR ATOR COADJUVANTE: Ivan Parente – “Les Misérables”

ATOR/ATRIZ REVELAÇÃO: Filipe Brangança – “Les Misérables”

MELHOR DIRETOR: Jorge Takla – “My Fair Lady”

MELHOR DIRETOR MUSICAL: Luis Gustavo Petri – “My Fair Lady”

MELHOR COREÓGRAFO: Alonso Barros – “Alegria, Alegria”

MELHOR CENÁRIO: Nicolás Boni – “My Fair Lady”

MELHOR FIGURINO: Fabio Namatame – “My Fair Lady”

MELHOR ARRANJO ORIGINAL: Alfredo Del Penho e Beto Lemos, com colaboração de Duda Maia e a Barca do Corações Partidos – “Auê”

MELHOR LETRA E MÚSICA ORIGINAL: Alfredo Del Penho e Beto Lemos, Duda Maia e a Barca dos Corações Partidos – “Auê”

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL: Fernanda Maia – “Lembro Todo Dia de Você”

MELHOR VERSÃO: Claudio Botelho – “Les Misérables”

MELHOR DESENHO DE LUZ: Wagner Antônio – “Gota D’Água [À Seco]”

MELHOR DESENHO DE SOM: Tocko Michelazzo – “My Fair Lady”

MELHOR VISAGISMO: Hugo Daniel e Paulette Pink – “Forever Young”

MELHOR MUSICAL VOTO POPULAR: “Cartola, O Mundo é Um Moinho”