publicidade

Blog do Amaury Jr

Casamento de Príncipe Harry deve passar de R$ 2 milhões, afirma especialista

Após o anúncio de que o Príncipe Harry e a atriz Meghan Markle estariam oficialmente noivos, o mercado casamenteiro já está em ebulição: como será o vestido? Quem estará na lista de convidados? E a decoração?

Mesmo com os detalhes não divulgados, uma coisa é certa: o casamento será caro.

O casal fez sua primeira aparição pública após a confirmação do casamento nesta segunda (Foto: Reprodução/Instagram)

 

Em entrevista para a CNNMoney, a organizadora de casamentos de luxo em Londres, Aimee Dunne, revelou o que e quanto podemos esperar da cerimônia prevista para a primavera de 2018.

“Não consigo imaginar que Harry e Meghan seriam capazes de conseguir o casamento que estariam imaginando sem pagar menos de £ 500,000 (cerca de R$ 2 milhões)”, afirmou.

Diferentemente da tradição, pela qual o pai da noiva é quem paga a conta, o mais provável que é seja o Príncipe Charles o responsável por bancar a cerimônia e a recepção. “Tradicionalmente, o custo do casamento cai sobre a família da noiva, mas certamente esse não será o caso aqui”, disse Kate Williams, historiadora e especialista real.

Se comparado com o casamento de William e Kate, a família da Duquesa de Cambridge chegou a “contribuir bastante”, mas foi Charles quem pagou a maioria dos custos. “Teremos que ver o que a família de Meghan vai decidir fazer”, afirmou Williams.

Já em relação à recepção, ainda não se sabe se o casal vai alugar um local ou se vai optar por alguma propriedade da Rainha Elizabeth II e sua família. “Com uma lista de 500 convidados, eu diria que o orçamento seria, no mínimo,  de £ 150,000 (R$ 645 mil)”, disse Dunne.

William e Catherine tiveram duas recepções no Palácio de Buckingham: um almoço tradicional para mais de 600 convidados, que foi dado pela Rainha e incluiu dignitários e funcionários; e uma festa mais íntima, à noite, para cerca de 300 amigos e familiares.

O vestido de casamento de Markle provavelmente será uma peça feita sob medida por um designer de prestígio, e o preço irá refletir isso. Ainda não se sabe quem é o estilista escolhido e se, assim como Kate, será a própria Meghan quem desenhará o vestido.

O vestido foi um dos assuntos mais comentados no casamento (Foto: Reprodução/Instagram)

 

No caso da Duquesa, foi sua família quem teria pago o modelo Alexander McQueen para o seu grande dia. O valor do vestido nunca foi oficialmente confirmado.

Os custos da festa ainda tendem a aumentar dependendo do esquema de segurança que a coroa escolher. Em 2011, cerca de 5 mil policiais vigiaram o público durante as festividades de William e Kate. Houve relatos de uma disputa entre Londres e o escritório da Grã-Bretanha sobre quem deveria bancar os custos. Segundo a publicação da CNNMoney, a conta final ainda é desconhecida, mas o governo forneceu à polícia uma subvenção especial de £ 3,6 milhões (R$ 12 milhões), que foi usada para cobrir o pagamento de horas extras para os oficiais.

“É claro que a situação mudou desde o casamento real anterior, então os requisitos de segurança serão muito mais rígidos”, afirmou Williams, referindo-se aos recentes ataques terroristas na cidade.

Se Harry e Megan também decidirem ter seu casamento no centro de Londres, espera-se que os custos sejam substanciais. No entanto, a distância de Harry do trono britânico significa que ele pode ter mais opções do que William em termos de localização.

Os britânicos ganharam um feriado extra no dia dos casamentos reais (Foto: Divulgação)

 

E como a cerimônia influencia na vida dos britânicos? Quando o Duque e a Duquesa de Cambridge oficializaram a união, os britânicos tiveram um dia extra de folga. Na cerimônia de Charles e Lady Di também, mas ainda não se sabe se valerá a mesma coisa para Harry.

Um estudo do Centro de Pesquisa Econômica e Empresarial diz que cada dia não trabalhado reduz a produção econômica em £ 2,3 bilhões (R$ 8,6 bi). Em contrapartida, o casamento em 2011 rendeu £ 3 bilhões (R$ 12 bilhões) aos cofres públicos, e não há motivo para este ser diferente.