publicidade

Blog do Amaury Jr

Primeiro Boeing privativo do mundo custa R$ 230 mil por hora de voo

Foto: Divulgação

 

Esqueça o mundo dos jatinhos particulares, da classe executiva e da primeira classe. O universo da aviação de luxo tomou novas proporções com o Boeing 787 Dreamliner. Olhando de dentro, nem parece o interior de um avião: tem sala de entretenimento, de reunião e de jantar, uma suíte master que acompanha uma televisão de 42 polegadas, além de um banheiro gigante e um vestiário.

Foto: Divulgação

 

O Boeing tinha capacidade para 335 passageiros, mas agora comporta apenas 40 pessoas. Dois anos e meio foi o tempo que a empresa norte americana Kestrel Aviation Management levou para transformar a aeronave em um jato privativo.

O interior do avião foi projetado pelo designer de interiores de aeronaves francês Jacques Pierrejean. E a proposta é suprir a demanda de multimilionários que não se contentam com o luxo das primeiras-classe das companhias aéreas, e para as distâncias que não podem ser percorridas pelo jatinho particular.

Foto: Divulgação

 

O aluguel do Boeing será feito por hora de voo: são U$ 70 mil – cerca de R$ 230 mil – por hora. Uma viagem em sua duração máxima, que são 17 horas, sairia por quase R$ 4 milhões.

Foto: Divulgação

 

O avião é tão luxuoso que poderia facilmente ser confundido com o interior de um hotel cinco estrelas. Os passageiros que tiverem a sorte de viajar na aeronave vão entrar em um ambiente bastante silencioso, preparado especialmente para manter o conforto acústico dos ocupantes. Além disso, tem uma tecnologia de passeio mais suave, que detecta turbulências e reduz o desconforto de movimento ao máximo

Dá uma olhada no vídeo: