publicidade

Blog do Amaury Jr

Categoria : Famosos


Look de Anitta para curtir dia de piscina em Salvador vale R$ 4 mil

Foto: Reprodução Instagram

 

Nesta quarta-feira (7), Anitta curtiu um dia de sol em Salvador e publicou uma foto na beira de uma piscina em uma praia, cheia de sensualidade. Ela usava um biquíni amarelo desenhado pelo estilista Amir Slama.

A parte de cima, um tomara que caia de babados, custa R$ 288. A calcinha, no modelo asa delta, custa R$ 198. Para completar, os óculos Dolce e Gabanna escolhidos por Anitta custam € 950 – cerca de R$ 3.800.

Ou seja, o look de três peças da cantora em um dia de piscina, vale R$ 4.304. Que tal?


Drake doa R$400 mil e presenteia estudante com bolsa de estudos

Foto: Divulgação

 

O rapper Drake estava na Flórida para gravar o clipe da música “God’s Plan“, lançada neste ano, e resolveu fazer algumas boas ações. Primeiro, parou em um abrigo para mulheres e crianças sem teto e fez uma doação de U$50 mil – cerca de R$ 162 mil, presenteou as crianças com brinquedos e jogos e distribuiu cartões pré-pagos de U$ 150 – cerca de R$ 490 em compras no Target, supermercado local.

Mas o cantor não parou por aí. Aproveitou que as filmagens do clipe seriam em uma escola e doou US$ 25 mil – cerca de R$ 81 mil – para o colégio em questão. Os alunos ainda puderam participar da gravação e vão receber uniformes customizados pela marca de roupas do rapper, a OVO.

Como se não bastasse, Drake ainda passou na Universidade de Miami, fez um show, e deu uma bolsa de estudos no valor de US$ 50 mil – cerca de R$ 162 mil para Destiny James, aluna de baixa renda da faculdade. A estudante até havia sido informada de que receberia um tipo de bolsa de estudos, mas não sabia sobre o que se tratava e nem quem a entregaria o valor.

Já em Miami, o rapper ainda pagou a conta de todos que estavam em um supermercado. Há quem diga que tantas doações sejam marketing para o novo clipe. Será?

 


Filha adotiva de Nicole Kidman e Tom Cruise lança linha de roupas

 

Bella Kidman Cruise (Foto: Divulgação)

 

A filha de Nicole Kidman e Tom Cruise não é mais criança. Aos 25 anos e já casada, Bella Kidman Cruise acaba de lançar sua primeira linha de roupas, a BKC.

As primeiras peças são camisetas que mostram suas obras de arte estampadas. Estão disponíveis por US$ 85 (R$ 275) no site, que traz os dizeres: “Bella tem sido uma artista sua vida inteira. O seu meio de expressão é um papel e a inspiração para a sua arte em grande parte vem dos amigos, da moda e da música. Foi um sonho de uma vida inteira de Bella colocar sua arte em roupas; sua nova coleção de camisetas é o primeiro vislumbre na realização deste sonho, com muito mais por vir no futuro próximo”.

Isabella foi adotada pelo ex-casal milionário em 1992. Nicole raramente fala de sua família, mas descreveu seu recente filme “Lion” como uma “carta de amor” para seus filhos adotados. Disse que o filme fez com que ela pensasse sobre seus antecedentes: “Estão todos entrelaçados. Os destinos de alguma forma se juntam.”

Nicole e Tom foram casados entre 1991 e 2001, e além de Bella, o casal também adotou Connor.


Kylie Jenner recebe 443 rosas brancas do namorado após nascimento de Stormi

Primeira foto de Stormi, filha de Kylie Jenner e Travis Scott (Foto: Reprodução Instagram)

 

Kylie Jenner poderia abrir uma floricultura após o nascimento de sua filhinha Stormi, na semana passada. Isso porque todos os amigos e membros do clã-Kardashian/Jenner mandaram buquês e arranjos lindos para a nova bebê, cujo nome foi divulgado nesta terça (6) junto com sua primeira fotinho.

Mas as flores mais especiais foram enviadas pelo namorado de Kylie e pai da criança, o rapper Travis Scott. Ele mandou para a amada e a filhota 443 rosas brancas. O número pode parecer um pouco exagerado, mas o motivo por trás desse tanto de flores é bem fofo: a bebê Jenner-Scott nasceu às 4:43 da tarde do dia 1º de fevereiro.

Foto: Reprodução Instagram

 

Kylie manteve sua gravidez em segredo e com uma postagem nas redes sociais disse que a escolha de se preservar durante a gestação foi inteiramente dela, que também estava pensando no bebê. Jenner afirmou que precisava se preparar para a nova fase “da maneira mais positiva, livre de estresse e saudável possível”.

 

Leia mais:


Momento nostalgia com Baby do Brasil: “Primeira cantora de trio elétrico”

(Reprodução Instagram)

 

Baby do Brasil surpreendeu seus seguidores do Instagram na terça-feira (06) ao postar uma foto em clima de flashback. Na imagem, de 1976, a cantora relembra sua participação no grupo Novos Baianos e afirma: “Mudamos a história do Carnaval trocando os velhos alto-falantes pelas potentes caixas de som”.

O registro compartilhado por Baby também está exposto no recém-inaugurado “Museu do Carnaval”, no centro histórico de Salvador. O espaço foi criado para contar a história da folia baiana. “E ali eu estou para a posteridade como a ‘primeira cantora de trio elétrico'”.

 

Leia mais:

 

Alías, neste Carnaval Baby é presença confirmada com seu trio na Praça Castro Alves, em Salvador, no domingo (11) e no Vale do Anhangabaú, em São Paulo, no dia 18 de fevereiro.


Marisa Orth vai desfilar de Magda no Carnaval. Veja a fantasia!

A Unidos da Tijuca será a primeira agremiação do Grupo Especial do Rio a desfilar na  Marquês de Sapucaí na segunda-feira de Carnaval (12). A escola vai homenagear Miguel Falabella – e Marisa Orth sairá de destaque à frente da bateria, vestindo uma fantasia que remete à sua personagem de maior popularidade: Magda, do “Sai de Baixo“.

Foto: Reprodução TV Globo

 

A mulher de Caco Antibes, papel de Miguel Falabella, costumava usar um tailleur típico da personagem, e que está presente na fantasia. Confira o croqui:

Foto: Reprodução

 

Amigos de longa data, Marisa e Falabella também atuaram juntos entre 2007 e 2009, no seriado “Toma Lá Da Cá“, escrito por Miguel. No teatro, a dupla encenou “O Que o Mordomo Viu“, comédia do inglês Joe Orton.

Atualmente no elenco da novela “Tempo de Amar”, onde interpreta Celeste Hermínia, Marisa vai retomar a parceria com o amigo em uma adaptação para o cinema de “Sai de Baixo”. O longa dirigido por Cris D’Amato começa a ser rodado em abril e terá roteiro assinado pelo próprio Falabella.

 

Leia também:


Assediada 100 vezes? É o que afirma Natalie Portman

(Foto: Divulgação)

 

Mais uma grande atriz internacional volta a acender o holofote sobre os casos de assédio na indústria cinematográfica. Trata-se de Natalie Portman, vencedora do Oscar por sua atuação em “Cisne Negro” – e que revelou em entrevista à revista “Porter” que tem “100 histórias” de assédio e abuso sexual por homens poderosos em Hollywood e que só percebeu a extensão com a chegada dos movimentos Time’s Up e MeToo.

“Eu pensava que não tinha nenhuma história até perceber que tinha 100 histórias. Eu acho que muitas pessoas estão repensando esses conceitos, de coisas que acabamos não dando a devida atenção por achar que faz parte do processo”, explicou.

Natalie também contou à publicação que um dos casos aconteceu entre ela e um produtor em um jatinho particular: “Estávamos só nós dois e apenas uma cama arrumada. Nada aconteceu, não fui abusada. Eu simplesmente dei um basta e disse: ‘Isso me deixa desconfortável’, e fui respeitada. Mas foi super errado. Isso é inaceitável e manipulador. Eu fiquei assustada”.

Ainda na reportagem, a atriz pontuou a importância das denúncias e dos relatos das mulheres: “Muitas pessoas falaram há muito tempo e não foram ouvidas”.

 

Leia também:


Bettie Page, a rainha das pin-ups, tem curiosidades reveladas em livro

(Foto: Divulgação)

 

Um dos maiores símbolos sexuais americanos do século XX, a ex-modelo e atriz Bettie Page foi a responsável por popularizar o termo ‘pin-up‘. Mesmo após sua morte, em 2008, ainda povoa o imaginário masculino – apesar de sua história ter sido marcada por tragédias pouco conhecidas, como conta o jornalista Richard Foster, em livro recém-lançado pela Editora Noir.

(Foto: Divulgação)

 

Seu nome de batismo era mesmo Bettie Page e foi com seus espartilhos de couro e renda, cinta-ligas, sapatos de saltos altíssimos e chicotes que ela brilhou com fotos eróticas, mesmo sem nunca ter estrelado um filme nas salas de cinema.

(Fotos: Reprodução)

 

Foram sete anos estampando cartões postais e páginas de revistas, até que, em 1957, foi obrigada a se aposentar para não ser presa após acusação de incitar a pornografia. Praticamente esquecida entre anos de 1960 e 1970, começou a ressurgir a partir da década de 1980 e teve sua consagração definitiva nos anos seguintes com a ajuda da internet, onde seu nome e imagem estão até hoje entre os mais buscados.

(Foto: Divulgação)

 

A biografia “Bettie Page”, além de revelar a trajetória de uma estrela singular, aborda os tormentos e agruras da ex-modelo, que foi abusada sexualmente pelo pai, teve casamentos turbulentos e fracassados e chegou a virar uma fanática religiosa. Mais: esses rumos tortuosos a enlouqueceram a ponto de esfaquear três pessoas em surtos psicóticos fazendo com que ela ficasse cerca de 12 anos trancafiada em manicômios. Quase uma aventura policial, não?

Fica a dica da leitura!

 

Leia também:


Edição de 2019 do Emoções em Alto Mar já tem metade dos ingressos reservados

Foto: Divulgação/ Claudia Schembri

 

A edição 2018 do Emoções em Alto Mar mal terminou e metade dos ingressos para o cruzeiro com o Rei do ano que vem já estão reservados, segundo a produção do evento. O projeto existe há 13 anos.

Do dia 31 de janeiro a 04 de fevereiro, os 3.780 passageiros que estiveram à bordo este ano aproveitaram cassino, karaokê e shows especiais de Roberto Carlos no Costa Favolosa. Estiveram por lá, além do Rei, o comediante Tom Cavalcante e Carlinhos de Jesus, que foi uma atração à parte: o dançarino e coreógrafo deu uma aula de dança e fez a galera chacoalhar o esqueleto em alto mar.

Eri Johnson comandou um karaokê de quase duas horas em que foram sorteados 15 mulheres e 7 homens para subirem ao palco e cantarem músicas de Roberto. Tiago Abravanel também marcou presença no Cruzeiro e soltou a voz no seu Baile do Abrava.

 

Leia mais:


Colar de diamantes de Elizabeth Taylor será leiloado em Miami

Foto: Reprodução

 

Não há quem não saiba do amor que Elizabeth Taylor tinha por sua coleção de jóias. Só em 2011, ano em que a atriz faleceu, foram arrecadados U$ 116 milhões (cerca de R$ 375 milhões) em leilão organizado pela Christie’s Auction.

O fato é que um dos colares arrematados na ocasião voltou ao mercado e está disponível para compra em um novo leilão que acontecerá durante a feira  Miami Beach Jewelry & Watch Show, que começou no último dia 01 de fevereiro. Um porta-voz do evento assegurou que a peça possui certificado de autenticidade da Christie’s. No entanto, o valor inicial do colar não foi divulgado.

Estarão ainda disponíveis também artigos vintage e contemporâneos da Cartier, Rolex, Tiffany & Co., Van Clef & Arpels, Harry Winston, Hermes, Celine, Chanel e Gucci.

Se interessou? Clique aqui.