publicidade

Blog do Amaury Jr

Categoria : No ar


Fabiola Reipert no Programa Amaury Jr.: “Muitos me processam, a maioria perde”

Fabiola Reipert e Amaury Jr. (Foto: Reprodução)

 

A jornalista Fabiola Reipert, que atualmente comanda o quadro “Hora da Venenosa”, no “Balanço Geral”, da TV Record, foi a entrevistada do Programa Amaury Jr. que foi ao ar na última sexta-feira (28).

Conhecida por não ter papas na língua, Fabiola coleciona processos de famosos, e brinca: “Muitos me processam, poucos ganham.” E continua: “Tem gente que entra na justiça para me proibir de citar seu nome. Isso é censura.”

Alguns exemplos de famosas que entraram com processo contra a jornalista e perderam, são as atrizes globais Suzana Vieira e Paolla Oliveira.

O caso mais recente teve desfecho inusitado: a cantora Claudia Leitte não compareceu ao tribunal, e perdeu a ação que iniciou na justiça contra a jornalista. A sentença final do caso foi proferida na última terça feira, 26, na audiência que deveria ter ocorrido, mas não ocorreu porque a cantora viajou para a Itália. Foi a terceira vez consecutiva que Cláudia não deus as caras no tribunal. Para o juiz Ulisses Augusto Pascolati Junior, a cantora não apresentou “motivos excepcionalíssimos” que justificassem sua ausência.

O processo foi em razão de uma nota de Fabiola que dizia que Claudia está em baixa na carreira e chegou a fazer shows em um estacionamento de churrascaria. Ela não gostou e disse que a isso a difamou. Também demonstrou não gostar do apelido que Reipert costuma usar para falar dela: “genérica da Ivete [Sangalo]”.

Depois do fim do processo, Fabiola já voltou a chamar Claudia pelo apelido. Confira a entrevista completa:


Programa Amaury Jr.: tudo sobre a parceria entre Universidade Brasil e Flamengo

Após fechar com o Corinthians, a Universidade Brasil e a UNIESP foram até o Rio de Janeiro para firmar a parceria com o time de maior torcida do país: o Flamengo!

Leia mais: Agora os gols do Flamengo também valem bolsas de estudo na Universidade Brasil

Com direito a bola rolando, o presidente do time carioca, Eduardo Carvalho Bandeira de Mello, e o reitor da Universidade Brasil, Dr. Fernando Costa, consolidaram o encontro. Confira!

 


Programa Amaury Jr.: arraiá da Sonia Abrão tem selinho de Tatola e João Kleber e mais

A apresentadora Sonia Abrão armou um arraial pra lá de divertido para comemorar seu aniversário de 59 anos. A festa aconteceu no último dia 30, na Casa da Fazenda, em São Paulo. Entre os convidados, João Kleber, Dudu Camargo, Daniela Albuquerque e Christina Rocha. Renata Kuerten, Helô Pinheiro e Tatola assumiram o microfone do Programa Amaury Jr. e saíram entrevistando os colegas. E apesar de João Kleber ter ido de noivo da aniversariante, quem ganhou selinho foi o colega Tatola. Vem ver no vídeo:

 


Depressão, ansiedade, vícios… O psiquiatra Luis Altenfelder comenta os males do século no Programa Amaury Jr.

Qual a diferença entre ansiedade, depressão e síndrome do pânico? A depressão pode gerar problemas físicos? Como manter a sanidade mental nesses tempos de crise ética e política? Luis Altenfelder, responsável pelo atendimento psiquiátrico do Núcleo de Obesidade e Transtornos Alimentares do Sírio Libanês, em São Paulo, explica essas e outras questões relacionadas a transtornos mentais.

“O grande antidepressivo no Brasil seria toda uma reforma política, toda uma mudança de mentalidade, que deve levar duas ou três gerações, pra gente ter um país sem corrupção, um país com uma qualidade de vida muito melhor”, diz. “Isso com certeza diminuiria os casos de stress e depressão. Acredita-se que 20% da população tem, terá ou teve depressão”.

Ele fala também sobre drogas e dependências, como a obsessão pela tecnologia. “Muito comum entre adolescentes, principalmente meninos, que ficam até 15 horas por dia jogando online. Ele não faz mais nada, não se relaciona com os amigos, não sai de casa. Se isola, vai mal na escola, não estuda, e fica totalmente dependente desses jogos”, diz.

E alerta para um perigo mais recente: a dependência das redes sociais. “Isso atinge adolescentes, mas muitos adultos também. É comum ver em restaurantes, as pessoas não se comunicam. Esse é o grande risco das redes, elas dão a sensação de que você se comunica com o mundo, com o outro”, afirma. “E na rede você é quem você quiser, você pode até inventar um personagem. Você vive esse personagem idealizado, e você não é você”, completa.

O dano, a longo prazo, é perder a comunicação com o mundo e se isolar. “Você vive unicamente uma fantasia, não vive a sua realidade, e não modifica de fato aquilo que tem que modificar na sua vida, que é estabelecer escolhas mais adequadas, ter uma satisfação maior na vida, e seguir.”

E mais: o risco de dependência nesse caso é muito maior. Por quê? Confira na entrevista:


Programa Amaury Jr.: Daniel Boaventura fala sobre carreira internacional e assédio, e dá uma palinha em espanhol

Focado em sua carreira de cantor – que vai de vento em popa -, Daniel Boaventura foi o entrevistado dessa terça do Programa Amaury Jr. Ele falou sobre sua carreira internacional na América Latina, em particular no México, onde já tem shows agendados, sobre o novo musical “Peter Pan”, que está coproduzindo, além de atuar, e ainda deu uma palinha de “Besame Mucho”, do seu repertório em espanhol. Confira aqui a entrevista completa:


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>