Topo
Blog do Amaury Jr.

Blog do Amaury Jr.

Jô Soares: 'Poucas vezes fiquei tão abalado com a perda de alguém'

Amaury Jr.

2011-02-20T19:17:38

11/02/2019 17h38

 

Por Bruno Meier

Jô Soares fez um depoimento ao vivo na Band na tarde desta segunda-feira (11). "Eu estive com ele recentemente, ele me ajudou no lançamento do meu segundo livro. Ele era mais do que jornalista para mim, era quase um amigo de infância. Poucas mortes de amigos me abalaram tanto assim. Me pegou totalmente de surpresa, era uma pessoa que eu amava e admirava", disse a José Luiz Datena.

Jô continuou: "Quando ele entrou na TV, eu falei para ele: "Você achou o seu veículo. Você é um homem de televisão. Ele riu, ele nem achava isso. Mas ficou claro. Ele nasceu para isso. O homem que encarou a depressão do jeito que encarou. Um homem que não gostava de falar nada, e falava tudo com maior respeito e delicadeza, e ao mesmo tempo com a maior reverência. Ele não tinha papas na língua. Além da admiração, do amor antigo, das rodas de papo no Rio de Janeiro, tenho admiração profunda pelo Boechat. Falei em dezembro com ele e ficamos horas conversando. Foram poucas as vezes em que fiquei tão abalado com a perda de alguém. Foi uma morte estúpida. Toda morte é estupida. Deixou um buraco gigantesco na rádio e na televisão".

Sobre os autores

Amaury Jr.

É jornalista e apresentador de TV. É o mais conhecido colunista social do Brasil e considerado o criador do colunismo social eletrônico no país, onde mantém um programa de TV há 37 anos ininterruptos.

Bruno Meier

Começou no jornalismo pela revista Veja. Foi repórter de cultura e editor-titular da coluna Gente, espaço semanal focado na cobertura de personalidades e celebridades no Brasil e mundo. É autor do livro "A Vida É uma Festa", sobre Amaury, e editor-chefe deste blog. E-mail: bruno@amauryjr.com.br

Sobre o blog

Notícias, bastidores e informações exclusivas sobre quem é assunto no showbiz, na cultura, na política, nos negócios e em todas as rodas sociais.

Para completar, temos flashbacks da carreira de Amaury Jr, retirados de um precioso arquivo que documenta expressivamente a evolução da sociedade brasileira.