Topo

Anitta: "Nunca tive sorte na minha vida"

Da Redação

26/08/2019 23h13

Anitta: "Nunca mais quero brigar na Justiça" | Foto: Samuel Chaves / Brazil News

Durante sessenta minutos, Anitta fez um retrospecto sobre o início da carreira, quando era estagiária da Vale do Rio Doce e as tentativas insistentes de se apresentar como cantora para a Furacão 2000. "Sou desprovida de sorte. Nunca tive sorte na minha vida", disse a cantora, surpreendendo com a declaração a plateia composta massivamente de representantes de marketing de empresas na noite desta segunda-feira (26) em evento privado no Museu da Casa Brasileira, em São Paulo.

A cantora ainda revelou detalhes pouco conhecidos, como arrependimentos durante a trajetória. O que nunca mais faria? "Aprendi que não dá para entrar e resolver coisas na Justiça. Façam um acordo, qualquer acordo. Um problema desse tamanho vira gigante e demora anos para resolver. Depois, tem os juros, os advogados", disse em clara referência o processo que teve com a ex-empresária Kamilla Fialho, da K2L Entretenimento. "Estava tão cansada de falar com advogado e ler papéis. Quer saber? Vou eu resolver esse problema. Liguei para parte que estava na briga mesmo. Vamos resolver? E aí, resolvemos". De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, o processo foi encerrado no fim de 2018 e a cantora teve de pagar R$ 9 milhões para Kamilla Fialho.

Anitta foi o centro do ALL IN, evento para propagar as novidades da Holding Clube, conglomerado de entretenimento do empresário José Victor Oliva, para 2020Dentre as novidades, está o Festival Path, os 30 anos do Camarote N1 no Carnaval carioca, e o réveillon em Itacaré, no litoral baiano. A cantora já está na programação deste réveillon de Oliva.  

Anitta ainda falou sobre negócios e a árdua missão de gerir a própria carreira com um time de 30 funcionários, baseados no Rio de Janeiro e outros colaboradores espalhados nos Estados Unidos e Europa. "Eu tinha zero o papel de delegar as função. Deixava tudo na minha mão e ficava morta, mas eu estava abrindo uma empresa. Agora as coisas mudaram", disse.

Sobre os autores

Amaury Jr.

É jornalista e apresentador de TV. É o mais conhecido colunista social do Brasil e considerado o criador do colunismo social eletrônico no país, onde mantém um programa de TV há 39 anos ininterruptos.

Bruno Meyer

Começou no jornalismo pela revista Veja. Foi repórter de cultura e titular da coluna Gente, espaço focado na cobertura de personalidades no Brasil e mundo. É autor do livro "A Vida É uma Festa" e editor deste blog.

E-mail: bruno@amauryjr.com.br

Sobre o blog

Notícias, bastidores e informações exclusivas sobre quem é assunto no showbiz, na cultura, na política, nos negócios e em todas as rodas sociais.

E-mail: contato@amauryjr.com.br

Amaury Jr.