PUBLICIDADE
Topo

Blog do Amaury Jr.

#TBT - Os Perfumes mais antigos do mundo que ainda podem ser comprados

Da Redação

15/07/2021 13h35

As civilizações mais antigas não tinham o costume de tomar banhos diariamente como hoje, e a lavagem de roupas também não era tão acessível, então a solução para o mau cheiro era criar produtos que poderiam mascarar o odor. 

Além de incensos e especiarias colocadas em cintos para exalar o cheiro agradável nas roupas, o perfume também nasceu dessa necessidade. Conheça quais são as 10 fragrâncias mais antigas do mundo que podem ser compradas até hoje: 

10- Shalimar – Guerlain 

Produzido em 1925 em Paris, França, o perfume é considerado a primeira "fragrância oriental da história". Foi inspirado na história de amor do imperador indiano Shah Jahan, que construiu o Taj Mahal para sua segunda esposa, Mumtaz Mahal, que faleceu ao dar à luz. Com notas primárias de baunilha e âmbar, a fragrância sofreu ligeiras alterações ao longo dos anos, mas mantém a sua essência original.

9- Chanel Nº 5 – Chanel

A famosa fragrância foi criada em 1921 em Paris por Ernest Beaux, perfumista dos czares russos e amigo próximo de Coco Chanel. Chanel escolheu esse nome por sempre lançar suas coleções no dia 5, então considera esse o seu número da sorte. Originalmente foi apenas um presente para amigos próximos e clientes especiais, mas foi colocado em produção depois que eles imploraram por mais. 

8- Tabac Blond – Caron

Criado com o objetivo de ser uma fragrância com cheiro de tabaco e couro, destinada para homens, o perfume ainda era muito floral para o seu público alvo. No entanto, as mulheres fumantes de cigarro em Paris, que na época eram consideradas chiques e liberais, adoravam. Produzido pela primeira vez em 1919 na capital francesa, o Tabac Blond ainda é vendido atualmente.

7- Narcisse Noir – Caron

O perfume foi criado pelo perfumista Ernest Daltroff para representar sua paixão por flores brancas. Seu nome foi inspirado por Narciso, personagem da mitologia grega que era tão bonito que se apaixonou por seu próprio reflexo. A primeira fragrância foi feita em Paris em 1911.

6- Fougère Royale – Houbigant

Considerado um avanço no mundo da perfumaria, as notas terrosas de Fougère Royale abriram um novo segmento de perfumes masculinos que eram considerados "semelhantes a samambaias". O perfume criado em 1882 parou por um tempo a produção, mas foi reanimado em 2010 com a ajuda do perfumista Rodrigo Flores-Roux da Givaudan.

5- Eau de Cologne Imperiale – Guerlain

Originalmente criado em 1853 como um perfume exclusivo para a Imperatriz Eugénie, esposa do último monarca da França, Napoleão III, a fragrância foi feita para ajudar com suas enxaquecas e só foi colocada à venda depois que a imperatriz lhe deu permissão expressa. 

4- Florida Water – Lanman & Kemp

Produzida em 1808 em Nova York, o perfume também era usado em pequenos pacotes e colocados em gavetas para perfumar as roupas. A fragrância é um floral leve com notas de limão, laranja, lavanda e cravo.

3- Extra Vieille, Jean-Marie Farina – Roger & Gallet

O farmacêutico Gian Paolo Feminis criou um perfume que chamou de eau de Cologne, que foi certificado em 1727 como tendo propriedades terapêuticas ou curativas. Seu sobrinho, Gian Maria Farina, mais tarde herdou a receita. Farina, que também morava em Colônia, vendeu-o em 1862, para a empresa Roger & Gallet, onde o rebatizou como Extra Veille, Jean-Marie Farina. A primeira produção da fragrância vendida até hoje aconteceu em 1806 na Alemanha.

2- Eau de Cologne 4711 – Muelhens – Mäurer & Wirtz

Esta receita secreta de perfume é feita desde 1792 e acredita-se que seus óleos essenciais tenham propriedades anti inflamatórias e são bons para acalmar a pele. Nomeado em homenagem à casa do criador Wilhelm Mülhens na Glockengasse, o perfume se destina a ser calmante, relaxante e refrescante.

1- Acqua di SM Novella – Officina Profumo-Farmaceutica di Santa Maria Novella

O perfume mais antigo, criado em Florença, Itália, é baseado na receita de um perfume que foi feito pela primeira vez por Frades Dominicanos de Santa Maria Novella para Catarina de Médici em 1533 como um presente de casamento para seu futuro marido, Rei Henrique II da França. Destinado a homens e mulheres, foi um dos primeiros perfumes à base de álcool do mundo, e suas notas principais são cítricas frescas com lavanda e alecrim.

 

 

 Por: Celina Ferreira

Sobre o autor

Amaury Jr. é jornalista e apresentador de TV. É o mais conhecido colunista social do Brasil e considerado o criador do colunismo social eletrônico no país, onde mantém um programa de TV há 39 anos ininterruptos.

Sobre o blog

O blog traz notícias, bastidores e informações exclusivas sobre quem é assunto no showbiz, na cultura, na política, nos negócios e em todas as rodas sociais.

E-mail: contato@amauryjr.com.br

Amaury Jr.