Blog do Amaury Jr https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br Amaury Jr. é jornalista e advogado, apresentador da Rede Bandeirantes. Está no ar há 37 anos com seu programa e é considerado o criador do colunismo social eletrônico. Mon, 03 Aug 2020 14:05:04 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.7.5 A jaqueta dourada contra a fome https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/08/03/a-jaqueta-dourada-contra-a-fome/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/08/03/a-jaqueta-dourada-contra-a-fome/#respond Mon, 03 Aug 2020 14:05:04 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=30413 Apesar de ser uma das peças prediletas do seu guarda roupa, a jaqueta dourada usada por Shakira no Super Bowl (ao lado de Jennifer Lopez) em fevereiro de 2020 foi doada à organização  All In Challenge , que destinará o valor arrecadado às instituições World Central Kitchen, América’s Food Dound, Meals on Weels, Feeding América e No Kid Hungry.

Quem arrematar a peça receberá a jaqueta das próprias mãos de cantora em um dos seus próximos shows.

 

]]>
0
Mesa de pista https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/08/02/mesa-de-pista-34/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/08/02/mesa-de-pista-34/#respond Sun, 02 Aug 2020 18:37:37 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=30390 No dia 15, Alcione apresentará pela internet o show do álbum de  número 42 de sua carreira,  “Tijolo por tijolo”  lançado em maio. Quando souberam desse seu novo trabalho Alcione recebeu centenas de composições para avaliar.

 

A venda de bicicletas no Brasil quadruplicou e promete crescer ainda mais enquanto a percepção for que ônibus e metrôs são ambientes indesejados. Todos estão dando um jeitinho de comprar sua bike.

 

Luiz Melodia ganhou biografia escrita pelo jornalista Toninho Vaz. Há três anos o Brasil perdia o controverso cantor e compositor. Faz parte da narrativa a infância de Melodia no morro de São Carlos, sua parceria com Gal Costa e a crise dos anos 80 por abuso nas drogas.

 

O lixo doméstico cresceu 60% durante a pandemia, mas o triste é ver o descaso dos banhistas em descartar suas máscaras no mar. Nada justifica esta barbaridade e informação não falta.

 

E na Europa o calor escaldante dificulta o uso de máscaras e muita gente esta deixando a proteção.

 

Quem será o empresário paulista que vai comprar o Azimut, o barco mais caro do Brasil, U$10 milhões de dólares. É o mesmo modelo que consquistou Cristiano Ronaldo.

 

Dentro do capítulo originalidade para identificar portas de banheiros, Raquel Afonso Ferreira manda uma contribuição bem criativa.

 

 

Na pesquisa de Ancelmo Góes perguntando qual a primeira coisa que as pessoas farão quando a pandemia passar, o maestro Wagner Tiso falou: “a primeira coisa que farei é ir a Minas abraçar meus entes queridos. Depois volto ao Rio e vou à Cobal do Humaitá sentar no Pizza Park , onde tenho mesa cativa, esperar meus amigos para tomarmos muitos vinhos”.

 

E Boni também respondeu: ” Quero fazer dois jantares aqui em casa: um para os amigos e outro para a família. Ah ia me esquecendo: terminar a obra do meu banheiro.”

 

 

 

 

 

 

]]>
0
O preço da beleza na Grécia antiga https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/08/02/a-beleza-grega-o-preco-da-beleza-na-grecia-antiga/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/08/02/a-beleza-grega-o-preco-da-beleza-na-grecia-antiga/#respond Sun, 02 Aug 2020 18:00:04 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=30381

Afrodite

Helena de Tróia
Na Grécia antiga, as regras da beleza eram todas importantes.
Os gregos acreditavam que um exterior perfeito escondia uma perfeição interior. Para eles, um corpo bonito era considerado evidência direta de uma mente bonita.
Aqueles que tinham tempo livre podiam passar até oito horas por dia na academia.
As mulheres gregas antigas tinham Afrodite como seu ídolo, a Deusa do amor e da beleza. Todas as mulheres e especialmente as que moravam em Atenas eram obcecadas por segredos de maquiagem e embelezamento.
Mulheres ricas tinham seu laboratório de maquiagem pessoal. Garrafinhas com perfumes e essências, alfinetes, pinças, pentes, espatulas de madeira, colheres e espelhos cheios de ingredientes preciosos que os faziam parecer mais bonitas. Outras mulheres compravam todos os produtos de maquiagem necessários nas farmácias de seu tempo.
A pele pálida era um sinal de riqueza para as mulheres aristocráticas e casadas, pois eram obrigadas a ficar em casa cuidando da família. A pele bronzeada era para os escravos que trabalhavam o dia inteiro sob o forte sol grego.
Os gregos antigos tiravam o máximo proveito dos ingredientes encontrados na natureza, a fim de cuidar do rosto, cabelo e corpo. Afinal, a palavra cosmético deriva da palavra grega ‘Kosmetikos’, que significa consciência de harmonia, organização e tranquilidade.
Pós e óleos eram misturados com ingredientes minerais ou vegetais dando às mulheres da época uma grande variedade de produtos de maquiagem para melhorar as linhas e a cor dos olhos, sobrancelhas e lábios.
Elas usavam chumbo branco ou giz para o rosto e vermelho de algas ou solo mineral vermelho para os lábios. Elas também usaram pó de hena, sucos de frutas, lápis de carvão e raiz de vegetais de malva. Elas aumentavam suas sobrancelhas com carvão ou antimônio ralado, que é um mineral metálico cinza. Seus cílios eram polidos com uma mistura de clara de ovo, amônia e resina em vários tons de branco, vermelho, preto, verde e azul. Já está claro que a criatividade não era um problema quando se tratava de beleza.
As mulheres cuidavam da lavagem e modelagem de seus cabelos e costumavam ter cabelos compridos e grossos ja as mulheres que eram cidadãs livres e não escravas preferiam cortes de cabelo curtos, pois isso era um sinal de luto ou de envelhecimento.
O cabelo loiro também era um símbolo de pura beleza na Grécia antiga e, como o povo grego não era loiro, eles inventaram várias maneiras de fazê-lo. Os homens, especialmente, usavam ingredientes naturais como vinagre, suco de limão e açafrão para obter uma cor de cabelo mais clara. Eles queriam perseguir Aquiles e outros heróis famosos da mitologia grega que tinham cabelos loiros. Sabemos que os gregos antigos também usavam cabelos ruivos como sinal de riqueza, reza a lenda que qualquer um que ficasse com um amigo ruivo ou ruiva iluminado pelo sol do Mediterrâneo, receberia algo mágico.
A depilação não começou nos anos modernos, as mulheres da Grécia clássica costumavam remover os cabelos do corpo. Elas usavam lâmpadas de óleo para queimar os cabelos mais longos, enquanto os pelos mais finos eram removidos com lâminas de barbear feitas de cobre ou com pinças e cremes especiais.

A beleza era frequentemente um esporte competitivo. Os concursos de beleza aconteciam regularmente, onde as mulheres eram julgadas enquanto andavam de um lado para o outro.
Helena de Tróia, a rainha espartana foi a maior representante do padrão de beleza, ostentando cabelos loiros, olhos pintados com kohl, tatuagens vermelhas de sóis no queixo e nas bochechas, e vestidos que pareciam cobras. Seus seios  estavam sempre nus ou cobertos por uma gaze.
Helena atraia homens para a cama, para depois matá-los. Sua beleza era uma arma de destruição em massa. Na mente grega a beleza tinha um propósito; era uma realidade ativa e independente. O grande número de espelhos encontrados nas sepulturas gregas mostra que a beleza realmente contava.

 

Os produtos básicos que ainda podemos usar hoje:

Os materiais e produtos mais comuns que eles usaram como base para a maquiagem e que ainda hoje são usados ​​em nossos cosméticos eram: azeite e mel.

1- Mel
O mel é um dos ingredientes antibacterianos mais naturais que existe também têm propriedades de clareamento e hidratação.
Uma das preparações mais comuns das máscaras gregas era a mistura de azeite e mel tanto para a face como creme para o corpo. Essa dica de beleza provavelmente deixava suas peles mais brancas e macias.

2- Azeite

O azeite de oliva era chamado de ouro líquido, considerado sagrado e era utilizado de diversas maneiras.
A azeitona é rica em ácidos ômega e tocoferóis que tem um poder anti-inflamatório e antioxidante, mantem a umidade da pele prevenindo a perda transepidérmica de água.
Pode ser usado como óleo corporal (espalhe em todo o corpo após o banho) Não precisa de muito para obter excelentes benefícios hidratantes para a pele.
Receita para os cabelos:
Coloque um pouco de azeite em um pote e aqueça-o no microondas por alguns segundos até ficar morno.
Aplique nos cabelos como um pré shampoo e e deixe-o agir por 20 minutos.
Depois, lave as madeixas com shampoo para remover o óleo e finalize com o condicionador.
Essa preparação pré-lavagem com o azeite vai deixar os fios mais macios.

 Por : Dra Juliana Saab – CRM155.741

 

]]>
0
A prudência de Vander Martins, do Grupo Skazi https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/08/01/a-prudencia-de-vander-martins-do-grupo-skazi/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/08/01/a-prudencia-de-vander-martins-do-grupo-skazi/#respond Sat, 01 Aug 2020 16:20:34 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=30357

Vander Martins e  Ana Paola Martins

 

Direto do show room Casamoda, Vander Martins, diretor do grupo Skazi, dá um depoimento otimista nesta crise da pandemia.

Segundo Vander, que hoje exporta suas coleçōes de moda para 29 países e abastece o mercado brasileiro, seu otimismo reside na sua prudência, o que deveria ser uma característica de todo profissional envolvido na área fashion.

Essa prudência se chama ” reserva de caixa “  que ele sempre manteve como seguro para quaisquer adversidade. Jamais imaginaria ele que essa adversidade seria o que está acontecendo, colocando todo mercado num desalinho emocional,  justamente porque não foram prudentes em manter uma reserva para situações excepcionais.

Vander tem certeza que o mercado  precisará assumir uma nova feição, e tem o endosso de sua mulher,  Ana Paola Martins, diretora criativa da marca.

Com essa reserva ele acha que suas coleçōes, antes direcionadas a festas e eventos, vão se adaptar aos novos tempos com estilos mais simplistas, de acordo com a ordem do dia.

Sempre antenada com o que há de inovador e às tendências internacionais, a Skazi saiu na frente e realizou o primeiro desfile brasileiro em formato 100% virtual,  não perdendo sua linha de clientes.

O momento exige otimismo desse naipe

Assista abaixo o desfile virtual da Skazi.

]]>
0
Histórias do arquivo XXXIX https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/08/01/historias-do-arquivo-xxxix/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/08/01/historias-do-arquivo-xxxix/#respond Sat, 01 Aug 2020 15:44:50 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=30372 Carlos Drummond de Andrade, aos 17 anos, foi expulso do colégio Anchieta de Nova Friburgo depois de um desentendimento com o professor de português. E fazia outra coisa pouco ortodoxa: imitava assinaturas. Falsificou a do seu chefe durante anos, para poder faltar ao trabalho .

Outra de suas diversões era passar trote ao telefone. Seu alvo predileto chamava-se Fernando Sabino. Disfarçava a voz e inventava histórias. Sabino começou a dar o troco e a coisa virou disputa pessoal para ver quem ludibriava mais o outro, um duelo de trotes.

O mesmo duelo deu-se entre Sabino e Tom Jobim, lembra-se a cantora Verônica Sabino, filha do cronista. Era uma brincadeira ingênua, mas levada a sério.

Fernando Sabino só tomava uísque Black & White. Tinha uma relação freudiana com suas garrafas, limpando-as, degustando  delicada e ritualisticamente um pouco de cada litro, medindo as doses para não exagerar, além de todas aquelas manias do bom bebedor de scotch.

Conta-nos também Verônica, que uma vez ele foi ao médico fazer um check-up, pois iria viajar por muitos dias. Ao cabo da consulta veio a pergunta que estava guardando para o final, com temor da resposta:

-Doutor, quantos uísques posso tomar por dia?

-Quantos você está tomando?

-Três.

-Pois continue assim, emendou o médico .

Fernando saiu rindo baixinho, sufocado de felicidade:

-Ainda bem que menti. Ando tomando só um…

Verônica Sabino, filha de Fernando

 

]]>
0
Campos do Jordão também fora do calendário https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/07/31/campos-do-jordao-tambem-fora-do-calendario/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/07/31/campos-do-jordao-tambem-fora-do-calendario/#respond Sat, 01 Aug 2020 00:15:25 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=30367 Não tem mais graça essa temporada de inverno em Campos do Jordão. Carros de som na rua alertando para a necessidade de ficar em casa sob o uso obrigatório de máscaras.

Os relógios digitais, que registram as baixas temperaturas, só exibem mensagens alusivas à pandemia.

Acostumada a receber até 150.000 visitantes por fim de semana, Campos entrou em colapso, com os seus muitos casos de coronavírus que triplicaram em um mês, e as mortes aumentaram de 1 para 10. Resultado; o COVID levou ao adiamento turístico da cidade, o Festival de Inverno em sua 51a edição.

Os 110 concertos tiveram que ser adiados para  02 a 15 de janeiro de 2021, e isso se Deus quiser.

A prefeitura vê relação entre o aumento de casos e a volta dos poucos turistas após a flexibilização do comércio e da rede hoteleira.

O prefeito Fred Guidoni conduziu o município a aprovar um plano de marketing para fomentar o turismo na serra, fugindo do inverno e avançando para o início do verão. No ano que vem, o governo estadual planeja dois festivais de arte na cidade. “Mas todo esse esforço não tem nenhum sentido se não controlarmos a pandemia agora ” disse.

 

 

]]>
0
A sensibilidade de Mads Madsen https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/07/31/a-sensibilidade-de-mads-madsen/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/07/31/a-sensibilidade-de-mads-madsen/#respond Fri, 31 Jul 2020 22:43:50 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=30342 O artista dinamarquês Mads Madsen fez algo onde conseguiu os melhores efeitos. Coloriu  no Photoshop 40 fotos históricas, feitas originalmente em preto e branco.
O trabalho contou com uma pesquisa detalhada desde cor de olhos, tons de pele e cabelo dos fotografados.
O trabalho traz uma nova percepção na fisionomia e figuras da nossa história.

1- Marilyn Monroe – anos 40


2- Victor Hugo, autor de Les Miserables e o Corcunda de Notre Dame- 1876


3- Albert Einstein – 1948


4- Neil Armstrong


5- James Dean – 1954

6- Charlie Chaplin


7- Audrey Hepburn


8- James Stewart

 

]]>
0
O delivery sob análise https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/07/31/o-delivery-sob-analise/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/07/31/o-delivery-sob-analise/#respond Fri, 31 Jul 2020 21:55:04 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=30325 Os restaurantes que sobrevivem especialmente de delivery  estão sendo avaliados também pela qualidade das entregas.

Nem sempre a excelência do cardápio é mantida nas entregas em domicílio, haja vista as polêmicas já estabelecidas nas redes sociais.

Uma pesquisa informal deste blog acabou encontrando concordância na excelência dos serviços de três restaurantes paulistas, quais sejam, A Bela Sintra , Miski e Balsâmico, este instalado no Jockey Club de São Paulo, sob o comando de Enio Gonçalves.

O Miski, considerado como uma das melhores casas de comida árabe da pauliceia, recebeu notas máximas pela qualidade do seu delivery, comandado por Marina Kalil. E o A Bela Sintra, de Carlos Bettencourt, não difere um milímetro da sua qualidade daquilo que é posto tradicionalmente em suas mesas.

 

Miski

 

 

A Bela Sintra

 

 

 

Balsâmico

 

Serviço

Miski – (11) 3884-3193

A Bela Sintra – (11) 3891-1090

Balsâmico – (11) 97094-0148

]]>
0
O novo protesto de Brigitte Bardot https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/07/31/o-novo-protesto-de-brigitte-bardot/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/07/31/o-novo-protesto-de-brigitte-bardot/#respond Fri, 31 Jul 2020 20:57:30 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=30320 Brigitte Bardot, que dedica sua vida à proteção dos animais, redigiu uma mensagem endereçada ao presidente da França Emmanuel Macron cobrando-lhe a criação de uma secretaria de estado que cuidaria da causa dos animais.

Esta é uma atitude constante de Brigitte, mas desta vez a ativista de 85 anos obteve grande repercussão expressando o seu descontentamento pela ausência de uma secretaria voltada para essa causa .

“Vejam, um novo governo de grande envergadura que está a fim de aliviar a todos que precisam, não lembra de colocar alguém para cuidar da proteção aos animais” enfatizou Brigitte.

Uma guerreira intransigente no seu mister.

]]>
0
Histórias do arquivo XXVIII https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/07/31/historias-do-arquivo-xxviii-2/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2020/07/31/historias-do-arquivo-xxviii-2/#respond Fri, 31 Jul 2020 14:43:31 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=30293 Quando Zero, o famoso romance de Ignácio de Loyola foi lançado na Itália, o autor teve que adicionar o Brandão ao seu nome para não ser confundido com o santo espanhol homônimo.

Já o título  Veia Bailarina, outro de seus livros, teve curiosa inspiração. Ao ser preparado para uma operação cirúrgica (ele sofreu um aneurisma cerebral) uma enfermeira tentava pegar a veia do escritor e, diante da dificuldade, desabafou:

-É uma veia bailarina.

A primeira coisa que fez quando acordou da anestesia foi anotar no seu caderninho,  “veia bailarina”. Deu nome ao livro que narra sua experiência da proximidade com a morte.

 

]]>
0