Blog do Amaury Jr https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br Amaury Jr. é jornalista e advogado, apresentador da Rede Bandeirantes. Está no ar há 37 anos com seu programa e é considerado o criador do colunismo social eletrônico. Fri, 20 Sep 2019 18:33:35 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.7.5 Playlist: as dez músicas mais ouvidas por Chiquinho Scarpa https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/20/playlist-as-dez-musicas-mais-ouvidas-por-chiquinho-scarpa/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/20/playlist-as-dez-musicas-mais-ouvidas-por-chiquinho-scarpa/#respond Fri, 20 Sep 2019 18:21:36 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=22050 O blog perguntou a Chiquinho Scarpa quais as dez músicas mais ouvidas pelo conde. Para ouvir, basta ligar a câmera de seu celular no QR Code abaixo.

]]>
0
Filme “Hebe”: tudo o que rolou na pré-estreia do filme da apresentadora https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/20/filme-hebe-tudo-o-que-rolou-na-pre-estreia-do-filme-da-apresentadora/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/20/filme-hebe-tudo-o-que-rolou-na-pre-estreia-do-filme-da-apresentadora/#respond Fri, 20 Sep 2019 18:01:39 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=22031

Elenco e equipe de “Hebe” | Créditos: Manuela Scarpa/Brazil News

. “Gente, eu virei filme!”. Foi assim que Marcelo Camargo, único filho de Hebe, imaginou a reação da mãe na estreia de um filme sobre sua vida. Marcelo, ao lado do primo Claudio Pessutti, sobrinho e fiel escudeiro de Hebe, foram os grandes anfitriões da pré-estreia de “Hebe, A Estrela do Brasil”, realizado na noite de quinta-feira (19), na Sala São Paulo, em São Paulo. A Sala estava lotada de admiradores, empresários e artistas que tiveram participação na história da apresentadora.

. Pessuti, responsável pelo projeto Hebe Forever, lembrou o quanto ela não tinha noção da sua grandiosidade no showbiz brasileiro. “Ela falava semanalmente para uma plateia de 300, 400 pessoas, mas não fazia ideia da sua popularidade no país”. Marcelo corroborou a tese de Pessuti: “Havia situações em que ela chegava em eventos, via uma porção de fotógrafos e dizia que teria alguém muito importante ali, sem saber que todos estavam à sua espera”. 

. A primeira-dama do estado de São Paulo, Bia Doria, chegou emocionada ao evento, ao lado do prefeito de São Paulo Bruno Covas. “A maior lembrança que tenho da Hebe é que ela comia muito e não engordava”, disse Bia. 

. Andréa Beltrão, a escolhida para viver Hebe nos cinemas, chegou com um modelito verde, mas com discrição ao máximo tanto nas joias quanto no penteado. “Sem a peruca loura, não consigo fazer o ‘que gracinha’, disse para uma repórter da RedeTV! que pediu para a atriz imitar o bordão mais famoso da apresentadora. Andréa confessou que se sentiu insegura ao interpretar Hebe por não se achar parecida com ela.

. A política deu o tom de alguns discursos, antes de o filme iniciar. Beltrão chamou atenção pelos discursos nas entrevistas, reverenciando o cinema nacional, mas foi no palco antes de o filme começar que a atriz fez quase um manifesto, ao ler uma carta enviada por Renata Sorrah. “Viva o cinema brasileiro. Sem filtros”, encerrou Beltrão, sendo aplaudida por boa parte da plateia do teatro. O representante da Warner Bros antecedeu a atriz e celebrou os 1267 empregos diretos com o filme de Hebe.

 . Diretor do filme e marido de Beltrão, Maurício Farias, diretor de produções televisivas como “A Grande Família”, demorou a responder qual espaço Hebe teria na televisão atual. “Difícil dizer”, respondeu ao blog. Farias, no entanto, explicou que sua escolha foi em focar numa Hebe mais política, que enfrentava diretores de emissoras e era obstinada em fazer programas ao vivo para falar exatamente o que pensava sobre os temas nacionais, seja no Congresso Nacional ou na orientação sexual das pessoas.

. Não espere, portanto, que o filme é uma biografia de Hebe. A impressão pode até ser confundida ao ver nos créditos iniciais a roteirista Carolina Kotscho, de “2 Filhos de Francisco”, sobre a trajetória de Zezé di Camargo e Luciano. Kotscho fez um recorte da apresentadora, a partir de 1985, com passagens íntimas como seu relacionamento abusivo com Lélio Ravagnani, seu segundo marido, e a relação com o filho Marcelo. O filme se inicia com uma pergunta de Hebe, “A censura acabou ou não, no Brasil?”, diante das tentativas do governo federal de controlar o que apresentadora diz e faz em seu cada vez mais popular programa de televisão. O impasse foi o motivo de sua saída da TV Bandeirantes, nos anos 1980, para ir, em seguida, para o SBT, de Silvio Santos.

Kotscho fez um agradecimento especial a uma peça-chave na criação do roteiro: uma fã de Hebe, com 95 anos, que lhe emprestou 3 mil recortes de jornais sobre a artista. Ela esteve presente na noite e foi ovacionada pelo público, ao se levantar.

Cláudio Pessuti e Marcelo Camargo | Créditos: Manuela Scarpa/Brazil News

Andréa Beltrão | Créditos: Manuela Scarpa/Brazil News

Luiza Brunet | Créditos: Manuela Scarpa/Brazil News

Geraldo e Lu Alckmin | Créditos: Manuela Scarpa/Brazil News

Wanderléa | Créditos: Manuela Scarpa/Brazil News

Benedito Braga, presidente da Sabesp, e a mulher Marlene Crepaldi | Créditos: Manuela Scarpa/Brazil News

Bárbara Paz | Créditos: Manuela Scarpa/Brazil News

Monica Carvalho | Créditos: Manuela Scarpa/Brazil News

Maria Flor | Créditos: Manuela Scarpa/Brazil News

José Luiz Gandini e Leila Schuster | Créditos: Manuela Scarpa/Brazil News

Kaisla Bittencourt e Ricardo Almeida | Créditos: Manuela Scarpa/Brazil News

 

]]>
0
Marchand processado por Abilio Diniz por supostos quadros falsos rebate https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/20/marchand-processado-por-abilio-diniz-rebate-e-a-briga-de-davi-com-golias/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/20/marchand-processado-por-abilio-diniz-rebate-e-a-briga-de-davi-com-golias/#respond Fri, 20 Sep 2019 13:49:09 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=21964

Abilio Diniz e Geyze Marchesi: os advogados do casal não aceitaram a devolução do dinheiro do marchand

O marchand Marcelo Barbosa, dono da Galeria Pintura Brasileira, nos Jardins, em São Paulo, rebateu as acusações que pesam contra ele de ter vendido supostos quadros falsos do italiano Alfredo Volpi ao empresário Abilio Diniz. “As pinturas são verdadeiras e incontestáveis”, garante Barbosa ao blog.

A história se iniciou há dois anos durante um jantar para a cúpula do Museu de Arte de São Paulo, o Masp, oferecido pelo casal Abilio Diniz e Geyze Marchesi. O então diretor-presidente do Masp, Heitor Martins, questionou aos anfitriões a autoria de dois quadros atribuídos a Volpi, “Bandeirinhas” e “Bandeirinhas com Mastro”, e aconselhou a tirar imediatamente as obras das paredes, pois “contaminavam” a poderosa coleção de arte particular do casal. Resultado: os dois – Abilio e Heitor – entraram com um processo contra Marcelo. “Alguém deve ter falado algo para o Heitor sobre o projeto Volpi”, crê o marchand.

Há cerca de um mês, Barbosa teve uma audiência de conciliação com os advogados de Diniz. O marchand argumentou que tem documentos, incluindo áudios de uma das filhas de Volpi, que garantem a autenticidade das obras vendidas a Abílio. “Eu ganhei uma pequena comissão para vender a ele e falei que, se quiserem, eu devolvo este dinheiro”, diz Barbosa. O advogado de Diniz recusou a proposta e quer uma indenização por danos morais (avaliada em R$ 200 mil). Um perito foi nomeado para entregar o laudo da prova.

Marcelo Barbosa diz ao blog que quer ficar de bem com os dois, especialmente com Abílio. “Essa briga é como o Davi com o Golias. De um lado, o Marcelinho Barbosa e do outro, o poderoso Abilio Diniz”, confessa. 

A briga do Davi com o Golias ainda vai longe.

]]>
0
Previsões desta sexta-feira (20) com o vidente José Acleildo https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/20/previsoes-desta-sexta-feira-20-com-o-vidente-jose-acleildo/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/20/previsoes-desta-sexta-feira-20-com-o-vidente-jose-acleildo/#respond Fri, 20 Sep 2019 10:46:57 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=22027 Sediado em Brasília, o vidente José Acleildo publica sua previsão para esta sexta-feira (20):

]]>
0
Tony Ramos prestigia Irene Ravache em estreia no teatro https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/19/tony-ramos-prestigia-irene-ravache-em-estreia-no-teatro/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/19/tony-ramos-prestigia-irene-ravache-em-estreia-no-teatro/#respond Thu, 19 Sep 2019 18:58:12 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=22015

Irene Ravache | Créditos: Marcos Ribas/Brazil News

Depois de morta, uma mulher faz visita à ultima casa onde passou a maior parte da vida. Este é o argumento de “Alma Despejada”, a nova peça com magistral desempenho de Irene Ravache, cuja estreia aconteceu na quarta-feira (18), no Teatro Porto Seguro, em São Paulo.

Tony Ramos e Lidiane Barbosa | Créditos: Marcos Ribas/Brazil News

As atrizes Alexandra Richter e Gottsha e os atores Carlos Mariano e Leandro Luna | Créditos: Marcos Ribas/Brazil News

Mara Carvalho e Tony Ramos | Créditos: Marcos Ribas/Brazil News

Fabiano Augusto | Créditos: Marcos Ribas/Brazil News

]]>
0
Filhas fazem carta aberta a Costanza Pascolato; confira https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/19/filhas-fazem-carta-aberta-a-costanza-pascolato-confira/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/19/filhas-fazem-carta-aberta-a-costanza-pascolato-confira/#respond Thu, 19 Sep 2019 14:32:48 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=21999

Constanza Pascolato e as filhas Alessandra Blocker e Consuelo Blocker | Reprodução Instagram

A consultora – e considerada papisa da moda – Costanza Pascolato completa 80 anos nesta quinta-feira (19).

Para celebrar a data, o blog divulga os  textos que as duas filhas, Alessandra Blocker e Consuelo Blockerfizeram para mãe:

 

“Como é ser filha de Costanza?”

Sempre me fazem essa pergunta!  Nunca entendi o porquê da curiosidade até o dia em que me sentei ao lado do filho de Audrey Hepburn e escutei, com uma certa vergonha, estas mesmas palavras saírem da minha boca! Não queria saber que ela era elegante, chique e generosa, isso eu já sabia, queria saber o que não se vê. Daí finalmente entendi!

Ela vai me matar, mas acho que posso contar alguns de seus pontos fracos. Saibam que sua elegância não se estende aos pijamas. Ela tem predileção por aqueles mais puídos que ganham status com o uso.  Ela não consegue passar na frente de um espelho sem se espiar. Fazer as contas não é seu forte e teve algumas vezes que sua sinceridade nas entrevistas me envergonhou por eu não concordar com a atitude.

Ela AMA queijo e chocolate, então pede para os hotéis tirarem tudo do minibar para não sentir a tentação de saqueá-lo no meio da noite. Porém odeia alho e torrada queimada.

Mas ser filha de Costanza não é nada disso. É comer o melhor curry do mundo que ela faz “from scratch” e me explicou que não vai creme de leite! É poder ligar na manhã seguinte da minha “primeira vez” e dizer: “tenho algo a te contar” e ela responder “pera um momento, filhinha, que tenho que sentar.” É ela nunca conseguir segurar um segredo e rir da sua própria patetice. É ela ser lentíssima para entender certas coisas, mas afiadíssima para captar outras. É ela morrer de rir de tudo, inclusive dela mesma! É ela sempre pedir desculpas quando liga com receio de estar atrapalhando. É a generosidade de ter oferecido pagar a universidade para os dois netos. É aprender a usar Whatsapp para estar sempre conectada conosco. É me mostrar o caminho com a sua emancipação. É me chamar de filhinha.

E é aqui que chego a uma das maiores vantagens para mim de ser sua filha. Tenho linha direta, telefone vermelho, mesmo, com suas conclusões, avaliações e perspicácias. Ela vê o mundo embasada no comportamento e momento histórico. Isso é pura antropologia social e sempre rende uma opinião muito interessante. Inclusive quando fala de moda. 😉

Sempre foi elegante, mas seu look hoje (autodefinido como totem) é fruto de um estudo minucioso e uma dedicação diária de quase duas horas. Mas é fundamental. Além de gerar minions com a sua cara (resultado de um estilo bem definido) impõe respeito e abre portas.  Um bilhete de acesso a mais informação. Pois, no final, ela sempre traçou a SUA estrada com muita coragem, sem pisar em nenhum pé, mas sacrificando às vezes o tempo com aqueles ao seu redor.

Portanto, ser filha de Costanza é uma sorte e sem dúvida uma honra!

Obrigada Mummy!

Tua filhinha, Consuelo

Consuelo Blocker e Constaza Pascolato | Foto: @danielapetrelphotography

Querida Mummy:

Sempre me perguntam como é ser sua filha. O que, sinceramente, não entendo muito bem, já que foi assim desde que me entendo por gente. Não saberia qual a diferença entre você e as mães “convencionais” (como se isso existisse de fato). Talvez pudesse dizer que, como tudo na vida, ser sua filha tem vantagens e desvantagens. A principal desvantagem sendo ter que dividir você com o mundo e com sua curiosidade insaciável. Eita mulher curiosa!

Numa época em que eu a queria só para mim, Costanza descobriu Costanza. Saiu de casa para se encontrar. Daí não parou mais. Viajou em busca de novas conquistas e conhecimentos. Além de si mesma, você ganhou o mundo e, junto com ele, seus fãs. Se eu estava sendo egoísta por querer sua exclusividade? Talvez, mas tinha apenas quatro anos e crianças são egoístas, mesmo. Além do que, o mundo com você era sempre divertido! Entre banhos peladas no terraço embaixo de uma tempestade e bolhas de sabonete quando lavávamos as mãos, os atos mais corriqueiros se transformavam em motivo de gargalhadas. Então, de uma hora para a outra, sua presença se dividiu.

Demorou muito para eu entender que tenho duas mães: a Costanza que encontro de manhã se maquiando de roupão no banheiro e a Costanza Mickey Mouse, que não consegue andar cem metros no SPFW sem que peçam para tirar uma selfie. Briguei muito com vocês duas, às vezes gritando com uma achando que era a outra e vice-versa. Foi um longo e confuso aprendizado mas, por fim, fui capaz de designar a cada uma o seu espaço. E assim caminhamos com a humanidade… em paz… felizes… de encontro ao por do sol…

Agora, à maior vantagem além das risadas – conforme citado acima. Vou dizer “elegância” e todos vão responder: bom, lógico, e daí? Daí que taí o xis da questão. Você conseguiu nos mostrar a elegância em seu sentido mais profundo. Eu, como você mesma diz, tive “a sorte e o privilégio” de crescer com pessoas verdadeiramente elegantes: no gestual, na atitude, na forma de conduzir a vida. Porque, muito mais do que saber que roupa vestir e quais talheres usar em um jantar formal, ser elegante é um estado de espírito. É olhar no olho das pessoas quando se fala com elas, é respeitar as diferenças, é saber se portar em qualquer lugar, é saber se mexer e, também, se vestir para diferentes ocasiões (esta última lição não aprendi muito bem…).

Elegância não é um ato pensado, ela é. Ela existia nos lenços perfumados com lavanda que o Nonno Michele sempre tinha no bolso para nos dar quando chorávamos e nas margaridas do tecido que a Nonna Gabriella usou na parede do quarto que decorou para mim e para a Consuelo em sua casa. Ela estava nos cuidados da Blanche, na presença inabalável de nosso pai e até na coerência de seus atos, Costanza, tanto os de extrema generosidade quanto aqueles que nos fizeram sofrer. E, principalmente a elegância existiu na sua paciência em explicá-la para mim, que nem sempre quis entender. Espero ter aprendido direitinho.

Obrigada,
Beijo,

Alessandra

]]>
0
Previsões desta quinta-feira (19) com o vidente José Acleildo https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/19/previsoes-desta-quinta-feira-19-com-o-vidente-jose-acleildo/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/19/previsoes-desta-quinta-feira-19-com-o-vidente-jose-acleildo/#respond Thu, 19 Sep 2019 11:07:32 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=22005 Sediado em Brasília, o vidente José Acleildo publica sua previsão para esta quinta-feira (19):

]]>
0
Mesa de pista: o que se fala, o que rola https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/18/mesa-de-pista-o-que-se-fala-o-que-rola-15/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/18/mesa-de-pista-o-que-se-fala-o-que-rola-15/#respond Wed, 18 Sep 2019 22:07:22 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=21988

Irene Ravache estrela “Alma Despejada” e Petrus e Cristal, os novos cães de Amilcare Dallevo, presidente da RedeTV!

. Amilcare Dallevo teve uma divertida ideia para batizar seus dois novos filhotes de pastores alemães. Homenageou sua poderosa adega colocando o nome dele de Petrus, e dela de Cristal. O vinho famoso é o desejado champagne preferido do casal Dallevo.

. Uma das presenças mais estreladas para o casamento de Amilcare Dallevo Neto (head de Value Creation da RedeTV!) e a modelo e apresentadora Júlia Pereira na tarde deste sábado (21) será a de Maximilian Riedel, CEO da Riedel, marca austríaca de taças de cristais mais famosa do mundo. Ele chega especialmente para o evento no Brasil, onde um dos seus mais diletos amigos é Ciro Lilla (foto abaixo)proprietário da importadora Mistral. Ciro Lilla, sempre um craque no que faz.

Maximilian Riedel, CEO da Riedel, e Ciro Lilla, proprietário da importadora Mistral: amizade entre taças

. Depois de morta, uma mulher faz visita à ultima casa onde passou a maior parte da vida. Este é o argumento de “Alma Despejada”, a nova peça com magistral desempenho de Irene Ravache.

. Depois que a questão de gênero no Brasil ficou na moda, cresceram  na Espanha as visitas à Igreja de São Jorge. É que lá aconteceu, em junho de 1901, o primeiro casamento lésbico da história entre Marcelo Gracia Ibeas e Eliza Sanchez Loriga. Na ocasião, Eliza usou o nome de Mauro e vestiu um terno masculino. Ela na verdade assumiu a identidade do primo morto em um naufrágio. A história virou o filme “Marcelo e Eliza”, disponível na Netflix.

Marcelo Gracia Ibeas e Eliza Sanchez Loriga: história na Netflix

. Acontece neste sábado (21) às 21h30 a pré-estreia de “Cazuza – O Musical”, com direção de João Fonseca e texto de Aloísio Abreu, no Teatro Procópio Ferreira. Osmar Silveira vive Cazuza e Susana Ribeiro, Lucinha Araújo.

Renata Domingues e Carlos Alberto de Nóbrega: viva para ela | Foto: BrazilNews

. Renata Domingues, mulher de Carlos Alberto de Nóbrega, completou 42 anos e o humorista armou uma festa de aniversário para ela na residência do casal, em Alphaville, em São Paulo. Entre os convidados, Felipe e Vinicius, filhos de Renata.

 

]]>
0
Vera Fischer: “Nunca gostei de mulher, mas hoje em dia, não sei” https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/18/vera-fischer-nunca-gostei-de-mulher-mas-hoje-em-dia-nao-sei/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/18/vera-fischer-nunca-gostei-de-mulher-mas-hoje-em-dia-nao-sei/#respond Wed, 18 Sep 2019 16:21:59 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=21970

Vera Fischer: “Tudo vale quando a alma não é pequena” | Reprodução Instagram

Solteira há anos, Vera Fischer revelou que hoje, aos 67 anos, está mais aberta ao amor. “Nunca gostei de mulher, infelizmente. Mulheres são bonitas, e daria supercerto. Mas hoje em dia, não sei”, disse a atriz que foi casada duas vezes: uma com Perry Salles e outra com Felipe Camargo (ela tem um filho de cada um de seus casamentos). “Os homens estão qualquer nota. Tudo vale quando a alma não é pequena. Se a gente se apaixonar por um homem ou por uma mulher, eu vou… hoje em dia, eu vou, não quero nem saber”. A declaração foi dada a Amaury Jr., numa longa conversa que será exibida nesta sexta-feira (20), meia-noite e meia, pela RedeTV!

Vera Fischer | Reprodução Instagram

 

]]>
0
Cúpula da Época deixa a revista por reportagem de Heloísa Bolsonaro https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/17/cupula-da-epoca-deixa-a-revista-por-erro-em-reportagem-de-heloisa-bolsonaro/ https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/2019/09/17/cupula-da-epoca-deixa-a-revista-por-erro-em-reportagem-de-heloisa-bolsonaro/#respond Tue, 17 Sep 2019 18:45:51 +0000 https://amauryjr.blog.bol.uol.com.br/?p=21952

Heloisa e Eduardo Bolsonaro em maio, no casamento do casal

A diretora de redação Daniela Pinheiro, o redator-chefe Plínio Fraga e o editor Marcelo Coppola, todos da redação da revista “Época”, deixaram o Grupo Globo na tarde desta terça-feira (17), segundo apurou o blog. A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da editora Globo para saber se o Grupo Globo demitiu os três jornalistas ou se partiu dos jornalistas a demissão, mas até o momento, não obteve resposta.

Na noite de segunda-feira, o Grupo Globo reconheceu que errou ao publicar reportagem sobre o trabalho de orientação pessoal e profissional (“coaching”) oferecido pela psicóloga Heloisa Wolf Bolsonaro, casada com o deputado Eduardo Bolsonaro e nora do presidente Jair Bolsonaro. Sem se identificar, um repórter da revista se submeteu a cinco sessões online com a psicóloga e as gravou sem o conhecimento dela. O material serviu de base para a reportagem. “Como toda atividade humana, o jornalismo não é imune a erros. Os controles existem, são eficientes na maior parte das vezes, mas há casos em que uma sucessão de eventos na cadeia que vai da pauta à publicação de uma reportagem produz um equívoco”, diz a nota do Grupo Globo. “Foi o que aconteceu com a reportagem ‘O coaching on-line de Heloisa Bolsonaro: as lições que podem ajudar Eduardo a ser embaixador’, publicada na última sexta-feira. Época se norteia pelos Princípios Editoriais do Grupo Globo, de conhecimento dos leitores e de suas fontes desde 2011. Mas, ao decidir publicar a reportagem, a revista errou, sem dolo, na interpretação de uma série deles.”

A Globo reconhece que não havia motivo para expor a privacidade da psicóloga. “O erro da revista foi tomar Heloisa Bolsonaro como pessoa pública ao participar de seu coaching on-line. Heloisa leva, porém, uma vida discreta, não participa de atividades públicas e desempenha sua profissão de acordo com a lei. Não pode, portanto, ser considerada uma figura pública”, diz a nota. Ao final, a empresa pede desculpas a Heloisa e aos leitores pela “decisão editorial equivocada”.

]]>
0