Topo

Blog do Amaury Jr.

Seguir

Cúpula da Época deixa a revista por reportagem de Heloísa Bolsonaro

Da Redação

17/09/2019 15h45

Heloisa e Eduardo Bolsonaro em maio, no casamento do casal

A diretora de redação Daniela Pinheiro, o redator-chefe Plínio Fraga e o editor Marcelo Coppola, todos da redação da revista "Época", deixaram o Grupo Globo na tarde desta terça-feira (17), segundo apurou o blog. A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da editora Globo para saber se o Grupo Globo demitiu os três jornalistas ou se partiu dos jornalistas a demissão, mas até o momento, não obteve resposta.

Na noite de segunda-feira, o Grupo Globo reconheceu que errou ao publicar reportagem sobre o trabalho de orientação pessoal e profissional ("coaching") oferecido pela psicóloga Heloisa Wolf Bolsonaro, casada com o deputado Eduardo Bolsonaro e nora do presidente Jair Bolsonaro. Sem se identificar, um repórter da revista se submeteu a cinco sessões online com a psicóloga e as gravou sem o conhecimento dela. O material serviu de base para a reportagem. "Como toda atividade humana, o jornalismo não é imune a erros. Os controles existem, são eficientes na maior parte das vezes, mas há casos em que uma sucessão de eventos na cadeia que vai da pauta à publicação de uma reportagem produz um equívoco", diz a nota do Grupo Globo. "Foi o que aconteceu com a reportagem 'O coaching on-line de Heloisa Bolsonaro: as lições que podem ajudar Eduardo a ser embaixador', publicada na última sexta-feira. Época se norteia pelos Princípios Editoriais do Grupo Globo, de conhecimento dos leitores e de suas fontes desde 2011. Mas, ao decidir publicar a reportagem, a revista errou, sem dolo, na interpretação de uma série deles."

A Globo reconhece que não havia motivo para expor a privacidade da psicóloga. "O erro da revista foi tomar Heloisa Bolsonaro como pessoa pública ao participar de seu coaching on-line. Heloisa leva, porém, uma vida discreta, não participa de atividades públicas e desempenha sua profissão de acordo com a lei. Não pode, portanto, ser considerada uma figura pública", diz a nota. Ao final, a empresa pede desculpas a Heloisa e aos leitores pela "decisão editorial equivocada".

Sobre os autores

Amaury Jr.

É jornalista e apresentador de TV. É o mais conhecido colunista social do Brasil e considerado o criador do colunismo social eletrônico no país, onde mantém um programa de TV há 39 anos ininterruptos.

Bruno Meyer

Começou no jornalismo pela revista Veja. Foi repórter de cultura e titular da coluna Gente, espaço focado na cobertura de personalidades no Brasil e mundo. É autor do livro "A Vida É uma Festa" e editor deste blog.

E-mail: bruno@amauryjr.com.br

Sobre o blog

Notícias, bastidores e informações exclusivas sobre quem é assunto no showbiz, na cultura, na política, nos negócios e em todas as rodas sociais.

E-mail: contato@amauryjr.com.br

Mais Posts