publicidade

Blog do Amaury Jr

Categoria : Flashback


Neste sábado Amaury Jr. recebe Jojo Todynho, Daniel Zukerman, Maurício Meirelles e mais!

Foto: arquivo blog

 

No “Amaury Jr.” deste sábado, Jojo Todynho e os humoristas Daniel Zukerrman e Maurício Meirelles se reúnem na bancada do “Deu o Que Falar” para comentar os assuntos mais quentes da semana junto do apresentador.

Jojo contou de jeito inusitado que o clipe que Anitta lançará na próxima segunda, 26, será gravado e transmitido ao vivo diretamente de sua festa de aniversário de 25 anos, em sua mansão no Rio de Janeiro.

No Flashback, um papo descontraído com Lulu Santos, e entrevista exclusiva com a cantora Bruna Caran.

Não perca! É neste sábado, 24, 23h30, na Band!

Leia mais:


No programa “Amaury Jr.” deste sábado, Diana Krall, Ligia Mendes, Boechat e mais!

Amaury Jr., Dedé Santana, Patricia Naves e Ligia Mendes (Foto: arquivo blog)

 

A bancada do “Deu o Que Falar”, do programa “Amaury Jr.” deste sábado, 17, vai estar animadíssima. A partir das 23h30, na TV Bandeirantes, o apresentador se junta ao humorista Dedé Santana, a atriz Patricia Naves e a jornalista Ligia Mendes para discutir os assuntos mais comentados da semana.

Amaury Jr. e Ricardo Boechat (Foto: arquivo blog)

 

O programa terá também entrevista especial com Ricardo Boechat, um dos mais importantes âncoras da TV brasileira. Falam sobre seu trabalho, família, curiosidades e dicas de Buenos Aires, cidade natal do jornalista.

Leia mais:

 

E ainda, a cantora e pianista de jazz Diana Krall, que se apresenta no Tom Brasil, em São Paulo, nos próximos 28 e 29 de abril é entrevistada por Amaury.

O vídeo completo vai ao ar neste sábado, 17.

 


Carnavais e fantasias inesquecíveis, com direito a Marília Gabriela e Simone de ET

A cantora Simone, de ET e Marília Gabriela, de dançarina de can-can, em festa na boate Gallery

 

Como “recordar é viver”, reviramos nosso arquivo fotográfico para relembrar momentos, fantasias e festas que marcaram a década de 80.  As fotos são de Dimas Schittini, o primeiro paparazzo brasileiro – e mostram diferentes momentos nas boates Papagaio, Gallery e Hippo, sempre no circuito Rio-São Paulo. Aos cliques:

Gal Costa na boate Papagaio

Leia mais:

Alice de Freitas e Chiquinho Scarpa

 

Bia Duarte, Santuza Andrade, Telmo Martino e Marília Gabriela

 

Marina Montini e Carmen Mayrink Veiga

 

Silvia Kowarick, Cinira Arruda, Montserrat Coelho e Clemente Napolitano

 

Christiana Neves da Rocha

 

Cinira Arruda e Teresa Meireles

 

Consuelo Leandro, Paulo Bastos e Felipe Tavares


Tradicional Feijoada do Amaral acontece neste sábado, no Rio

Luiza Brunet será madrinha da edição 2018 (Fotos: Divulgação)

 

A consagrada “Feijoada do Amaral”, um dos eventos mais tracionais do calendário carnavalesco no Rio – e que nasceu há 41 anos -, terá sua edição 2018 neste sábado (10), no mesmo local onde ganhou fama: o Hippopotamus.

Organizada pelo eterno “rei da noite“, Ricardo Amaral, a edição de 2018 terá ninguém menos que Luiza Brunet como madrinha.

Nós reviramos os nossos arquivos e separamos imagens do fundo baú para mostrar que a “Feijoada do Amaral” tem muita história  e sempre reuniu figuras icônicas do cenário artístico, social, empresarial e até político!

 

Beliza Ribeiro, Maitê Proença, Aécio Neves e Maria Zilda (Fotos: Arquivo Blog)

 

Sonia Lima e Ricardo Amaral (Foto: Arquivo Blog)

 

Yara e Juca Chaves: Boni e Lou de Oliveira (Fotos: Arquivo Blog)

 

Ana Claudia e Flavio Rocha, Verena Ribeiro e Julio Lopes (Fotos: Arquivo Blog)

 

Marcia e Chico Peltier e Ilda Mayrink (Fotos: Arquivo Blog)

 

Lilibeth e Evinha Monteiro de Carvalho com Antonio Grassi (Fotos: Arquivo Blog)

 

Luiza Brunet; Guilhermina Guinle e Alexia Deschamps (Fotos: Arquivo Blog)


Momento nostalgia com Baby do Brasil: “Primeira cantora de trio elétrico”

(Reprodução Instagram)

 

Baby do Brasil surpreendeu seus seguidores do Instagram na terça-feira (06) ao postar uma foto em clima de flashback. Na imagem, de 1976, a cantora relembra sua participação no grupo Novos Baianos e afirma: “Mudamos a história do Carnaval trocando os velhos alto-falantes pelas potentes caixas de som”.

O registro compartilhado por Baby também está exposto no recém-inaugurado “Museu do Carnaval”, no centro histórico de Salvador. O espaço foi criado para contar a história da folia baiana. “E ali eu estou para a posteridade como a ‘primeira cantora de trio elétrico'”.

 

Leia mais:

 

Alías, neste Carnaval Baby é presença confirmada com seu trio na Praça Castro Alves, em Salvador, no domingo (11) e no Vale do Anhangabaú, em São Paulo, no dia 18 de fevereiro.


Bisbilhotices: Raul Gil esteve entre os últimos pensamentos de Altemar Dutra

Altemar Dutra, à esquerda, foi um dos maiores cantores de sua época. À direita, Raul Gil, mestre em imitações (Fotos: Reprodução e Divulgação)

 

. O ano era 1983. Altemar Dutra encontrou Raul Gil numa festa e reclamou que ele imitava todo mundo, menos ele. Como era um dos maiores cantores de sua época, achava um absurdo Raul não incluí-lo em suas imitações. E intimou o apresentador:

– Ô Raul, vou amanhã fazer um show em Nova York e, quando voltar, estarei no seu programa. Trate de treinar uma imitação com minha voz, senão vai ter… (Altemar tinha fama suficiente para impor).

E Raul: – Meu bom Altemar, sua voz é difícil. Eu já faço o Miltinho que tem a voz metálica, e isso me confunde…

-Não interessa – arrematou Altemar -, quero vê-lo me imitando.
E partiu para Nova York.

Um dia antes de voltar, mandou um telegrama:
– Faço o show hoje à noite e chego a São Paulo depois de amanhã. Você está ensaiando direitinho?

Pois Altemar Dutra não passou daquele show. Um aneurisma cerebral, em palco, levou-o para sempre.
Raul Gil conta essa história emocionado. E confessa: eu estava prontinho para lhe mostrar uma boa imitação. Ensaiei dias a fio, hora após hora, para homenagear Altemar.

 

Leia mais:


Imagem do dia: Marieta Severo e Andrea Beltrão em 1990

(Foto: Angelo Pastorello)

 

Marieta Severo e Andrea Beltrão foram clicadas no estúdio do fotógrafo Angelo Pastorello há 20 anos, para a coluna da jornalista Joyce Pascowitch, na época publicada no jornal “Folha de S. Paulo“. A produção ficou por conta de Fabiana Kherlakian.

Amigas, sócias e comadres, Marieta e Andraa cultivam uma parceria de quase 30 anos anos na vida e na profissão. De colegas de palco a dupla inseparável, são donas do Teatro Poeira, no Rio.

 

Leia também:


Túnel do tempo: Débora Bloch, Hebe, Silvio Santos & mais. Fotos do nosso arquivo

“As fotos que guardamos, as histórias que colecionamos, as festas que registramos durante as últimas décadas contam muito sobre a cena social e artística do país.

Revirando arquivos e organizando o acervo neste começo de ano, encontrei registros do começo da década de 90, na época publicados em minha coluna no jornal Diário Popular. Resolvi compartilhar com vocês:

1. A atriz Débora Bloch desfila para o costureiro Conrado Segreto, em junho de 1991 (Foto: Nelson Peixoto/Acervo) 2. Chiquinho Scarpa e José Victor Oliva na noite paulistana (Foto: Acervo)

 

1. A saudosa Hebe Camargo e Silvio Santos (Foto: Martha Munhoz/Acervo) 2. A atriz Flávia Monteiro, ainda menina em outubro de 1990 (Foto: Nelson Peixoto/Acervo)

 

Em sentido horário: Mylla Christie, em 1992 (Foto: Evelyn Fernandes/Acervo); Marli Marley e Ari Toledo em registro de 1991 (Foto: Nelson Peixoto/Acervo); a beleza da modelo e apresentadora Doris Giesse (Foto: Dimas Schittini); Alicinha Cavalcanti e Marcelo Novaes na boate Gallery, em 1992 (Foto: Acervo)

 

1. Tonia Carrero (Foto: Acervo); 2. Osmar Santos entre dois ex-jogadores do São Paulo, Nelsinho e o goleiro Zetti (Foto: Acervo)

Por Amaury Jr.


FLASHBACK: festa de aniversário para Fausto Silva

(Foto: Reprodução)

 

“Uma das coisas que me orgulho durante minha trajetória profissional de mais de 35 anos são os amigos que conquistei. Não digo os conhecidos, mas aqueles que conto em todos os momentos. Fausto Silva é um deles. Fomos colegas de TV Bandeirantes nos anos 90, quando ele apresentava o “Perdidos na Noite” – e dividimos incontáveis histórias e memórias. A festa de aniversário que você pode rever no vídeo abaixo é uma delas, na década de 80″.

Amaury Jr.

 


FLASHBACK: A origem do Papai Noel, por Elke Maravilha

Elke contou a Amaury, sob sua ótica e estudos vikings, a verdadeira origem do Papai Noel (Foto: Divulgação)

 

De origem russa, a saudosa Elke Maravilha, uma das figuras mais icônicas da arte brasileira, que morreu em agosto de 2016, era famosa não só pelo visual extravagante – mas por ser grande estudiosa e conhecedora de diferentes culturas.

Modelo, atriz, apresentadora, falava oito idiomas – alemão, italiano, espanhol, russo, francês, inglês, grego e latim –, chegou a trabalhar como secretária trilíngue, além de bancária e bibliotecária. É de uma geração de artistas completas, cuja trajetória foi tão incomum quanto as produções que fazia para atuar no júri do programa de Chacrinha.

Em 2010, durante entrevista ao Programa Amaury Jr., contou, sob sua ótica e estudos vikings, a origem do Natal e do Papai Noel. Vale assistir: