Topo
Blog do Amaury Jr.

Blog do Amaury Jr.

MESA DE PISTA: Zuza Homem de Melo na Academia Paulista de Letras, flores permanentes e mais!

michellekaloussieh

05/07/2018 12h03

Zuza Homem de Melo (Foto: Cecília Bastos/Reprodução)

 

. As flores artificiais, antes condenadas veementemente pelos decoradores, agora começam a ser admitidas. Mudaram até de nome. Agora são chamadas flores permanentes.

.Zuza Homem de Melo, um dos escritores mais antenados com a música brasileira, assume uma cadeira na APL- Academia Paulista de Letras, na vaga de Massaud Moisés, que morreu.

. A Spicy vai começar a vender máquinas importadas de soda que transformam água comum em gaseificada.

. Acontece no próximo 10 de julho, às 10h, em Porto Alegre, coletiva de lançamento do 46º Festival de Cinema de Gramado, que acontece entre os dias 17 e 25 de agosto. Durante o encontro, estarão em pauta os longas-metragens nacionais e latinos selecionados, os curtas-metragens gaúchos selecionados e todos os detalhes da edição deste ano da premiação.

Sobre os autores

Amaury Jr.

É jornalista e apresentador de TV. É o mais conhecido colunista social do Brasil e considerado o criador do colunismo social eletrônico no país, onde mantém um programa de TV há 37 anos ininterruptos. Atualmente, está no ar aos sábados, às 23h30, na Band.

Bruno Meier

Começou no jornalismo pela revista Veja. Foi repórter de cultura e editor-titular da coluna Gente, espaço semanal focado na cobertura de personalidades e celebridades no Brasil e mundo. É autor do livro "A Vida É uma Festa", sobre Amaury, e editor-chefe deste blog.

Sobre o blog

Notícias, bastidores e informações exclusivas sobre quem é assunto no showbiz, na cultura, na política, nos negócios e em todas as rodas sociais, contando com a enorme malha de informantes conquistada por Amaury Jr.

Também é um espaço para compartilhar histórias e curiosidades que lhe foram relatadas ao pé do ouvido nas mil e uma noites em que circulou. Para completar, temos flashbacks de sua carreira, retirados de um precioso arquivo que documenta expressivamente a evolução da sociedade brasileira.