Topo
Blog do Amaury Jr.

Blog do Amaury Jr.

Milú Villela deixa o comando do MAM após duas décadas

Da Redação

2026-04-20T19:15:29

26/04/2019 15h29

Milú Villela: exemplar e elogiado trabalho à frente do MAM | Divulgação

 

Após 23 anos à frente do Museu de Arte Moderna (MAM), Milú Villela deixará a presidência da instituição. Ela permanecerá como conselheira do MAM. Em seu lugar, Milú indicou a colecionadora Mariana Berenguer, nome que ainda será avaliado pelos associados. Em contato com o blog, seus secretários disseram que Milú continuará na presidência do Itaú Cultural e como integrante da Todos pela Educação, ONG presidida por Priscila Cruz.

Uma das maiores acionistas do Itaú, maior banco privado do País, a psicóloga, empresária e filantropa Milú se orgulha de dizer que trabalha 24 horas pelo social. No MAM, fez um trabalho exemplar e sempre muito elogiado, trazendo uma ampliação do acervo e sediando mostras importantes no museu. Sua saída era comentada nos bastidores desde agosto de 2018. Na ocasião, o museu disparou um comunicado negando a informação.

Filha do médico Eudoro Villela e de Maria de Lourdes, filha de Alfredo Egydio de Souza Aranha, fundador do Itaú, Milú diz que foi com eles que aprendeu a valorizar a cultura e a educação.

Sobre os autores

Amaury Jr.

É jornalista e apresentador de TV. É o mais conhecido colunista social do Brasil e considerado o criador do colunismo social eletrônico no país, onde mantém um programa de TV há 37 anos ininterruptos.

Bruno Meyer

Começou no jornalismo pela revista Veja. Foi repórter de cultura e editor-titular da coluna Gente, espaço semanal focado na cobertura de personalidades e celebridades no Brasil e mundo. É autor do livro "A Vida É uma Festa", sobre Amaury, e editor-chefe deste blog. E-mail: bruno@amauryjr.com.br

Sobre o blog

Notícias, bastidores e informações exclusivas sobre quem é assunto no showbiz, na cultura, na política, nos negócios e em todas as rodas sociais.

Para completar, temos flashbacks da carreira de Amaury Jr, retirados de um precioso arquivo que documenta expressivamente a evolução da sociedade brasileira.