Topo

Rosy Verdi: Galeries Lafayette na avenida Champs-Elysées, em Paris

Da Redação

05/09/2019 13h12

Quem já foi a Paris ou mesmo quem não tenha ido, já ouviu falar na célebre Galeries Lafayette.

Entrada da nova Galeries Lafayette, em sua inauguração | Reprodução Instagram

 Inaugurada em 1927 por Theophile Bader no Boulevard Haussmann, com seu teto de vitrais, suas escadarias de mármore com corrimões de ferro e bronze, expõe em seus 6 andares o que existe de mais luxuoso no mundo da moda, o mais delicioso da gastronomia, no sub solo e o conforto e boa cozinha em seus cafés e restaurantes.
E a partir de 28 de março deste ano foi inaugurada a primeira filial da famosa loja: na célebre avenida Champs-Élysées, número 60, onde até 2013 existia a mega loja Virgin, especializada em CDs, vídeos e aparelhos musicais e fechada pela crise neste segmento.
O arquiteto dinamarquês Bjarke Ingels foi o escolhido para a reforma e respeitou o estilo art déco do prédio de 1930 e, nos seus 6000 metros quadrados, aproveitou as enormes e maravilhosas colunas, as escadas de mármores e modernizou com enormes cubos de vidros, suspensos entre os 4 andares da loja, deixando um visual ao mesmo tempo moderno e art déco.

Nova Galeries Lafayette, em sua inauguração | Reprodução Instagram

Um novo conceito, pioneiro no atendimento e na exposição dos artigos, foi inaugurado. 300 personal stylists, treinados pelo Institut Français de La Mode, recebem os clientes e podem ser previamente agendados através de um site. Nos seus 6.500 metros quadrados, podem ser encontrados os mais luxuosos artigos de mais de 600 e famosas grifes e algumas inéditas na França.

Channel da nova Galeries Lafayette | Reprodução Instagram

 No térreo estão expostos os produtos de make up e algumas lojas temporais. Nos primeiros e segundo andares estão as principais e atemporais grifes nacionais e estrangeiras. No terceiro andar, moda masculina. No quarto andar, acessórios, cafés e um charmoso bistrô. No subsolo, produtos gastronômicos, boulangerie, chocolates, frutas, bebidas – enfim, um festival de gostosuras para tirar qualquer mortal de sua dieta.

Café da nova Galeries Lafayette, em sua inauguração | Reprodução Instagram

Na sua entrada, o arquiteto produziu uma réplica da torre Eiffel em ferro dourado, reunindo em um mesmo local 3 ícones de Paris: Avenida Champs-Élysées, a reprodução da  Torre Eiffel e a Galeries Lafayette.

A reprodução da Torre Eiffel | Reprodução

Chamada de a loja do futuro, sem dúvida, ela inova no conceito de atendimento, de beleza, de exposição dos artigos e é um verdadeiro passeio, mesmo que seja para tomar um café e ler o "Paris Match" em uma mesinha de seu delicioso café.

Espaço na nova Galeries Lafayette | Reprodução Instagram

Marque na sua agenda em sua próxima visita a Paris. Este é o lugar para ser visitado.

Sobre os autores

Amaury Jr.

É jornalista e apresentador de TV. É o mais conhecido colunista social do Brasil e considerado o criador do colunismo social eletrônico no país, onde mantém um programa de TV há 39 anos ininterruptos.

Bruno Meyer

Começou no jornalismo pela revista Veja. Foi repórter de cultura e titular da coluna Gente, espaço focado na cobertura de personalidades no Brasil e mundo. É autor do livro "A Vida É uma Festa" e editor deste blog.

E-mail: bruno@amauryjr.com.br

Sobre o blog

Notícias, bastidores e informações exclusivas sobre quem é assunto no showbiz, na cultura, na política, nos negócios e em todas as rodas sociais.

E-mail: contato@amauryjr.com.br

Amaury Jr.