Topo
Blog do Amaury Jr.

Blog do Amaury Jr.

Cantora IZA: "Vivo a melhor fase da minha vida"

Da Redação

10/09/2019 17h17

Aos 29 anos, a carioca Belinha — mais conhecida como IZA — é a novidade mais vibrante do cenário pop brasileiro. Desde 2015, início da carreira, a cantora já emplacou uma canção entre as dez mais ouvidas nas rádios — o reggae Pesadão, e a outra faixa "Brisa" segue o mesmo caminho. Ela ostenta uma indicação ao Grammy Latino pelo álbum Dona de Mim (2018) e, há poucas semanas, virou jurada do "The Voice Brasil", substituindo Carlinhos Brown, além de ter dado voz à leoa Nala na versão live-­action de "O Rei Leão".

No último domingo (8), Iza tocou no lançamento da marca de maquiagem DaPop, numa festa produzida pela PGB Agency. Antes de pisar no palco, ela falou ao blog:

Já foi noticiado que, no início da carreira, você estava indecisa sobre qual caminho seguir na carreira – se seria axé, R&B, outros gêneros. Por que decidiu se entregar ao pop?  O que eu disse, na verdade, é que quando eu cheguei pela primeira vez na gravadora me perguntaram o que eu queria fazer, e eu não fazia ideia do que. Eu estava topando fazer qualquer coisa, mas sempre soube que meu coração era do Pop, do R&B, da pop music, e acho que eu precisava mais era amadurecer como artista. Isso não é uma coisa que acontece tão simples, não é tão fácil. E hoje eu fico feliz muito feliz com minhas músicas.

O que faz você virar a cadeira do "The Voice"? A voz que mais derrete meu coração. Eu viro com o coração. Eu esqueço que é um jogo. No momento das audições, não tem como se apaixonar pelo candidato. Você vai pela voz, mas ao longo da caminhada você vai conhecendo as pessoas, vendo o artista no palco. Meu critério é esse: eu escolho com o coração.

Conte a história do dia em que seu produtor Sérgio Santos, hoje seu marido, estava no estúdio com uma namoradinha e você virou a cara. Eu não estava com ele ainda. Estava namorando outra pessoa na época e foi nesse dia que eu descobri que eu estava a fim dele. Cheguei no estúdio e dei de cara com a menina. Olhei para cara dela e falei "oi". Ela sacou que eu estava com a cara feia, coitada, não tinha nada a ver com isso. Falei: "nossa, que bonita você", porque eu fiquei com muito ciúme. Passei a tarde inteira tratando ele mal. Depois cheguei em casa puta da vida. Fiquei pensando porque estava irritada e descobri que estava apaixonada por ele.

Você estourou cedo e está prestes a completar 30 anos. O que espera da nova idade? Anos atrás, eu achei que, quando chegasse perto dos 30, eu iria ficar desesperada, mas estou me sentindo tão bem. Nunca me senti tão bonita, tão confiante. Estou vivendo o melhor momento da minha vida. Que venham os 30. Acho que os 30 serão melhores ainda.

Ivete Sangalo e Iza, nos bastidores de "The Voice" | Reprodução Insagram

Como foi a experiência de dublar Nara, de "O Rei Leão"? Eu sempre quis dublar, mas nunca tive essa experiência. Tinha feito outros trabalhos como atriz, mas a dublagem é uma coisa completamente diferente. Achei muito diferente a dinâmica, porque é você dentro de um estúdio, com uns papéis ouvindo a voz da Beyoncé, vendo ali o leão na tela, o time code para poder caber direitinho. Foi diferente, mas eu curti bastante. Fiquei muito feliz com o resultado. Fiquei com vontade de dublar mais.

 

 

 

Sobre os autores

Amaury Jr.

É jornalista e apresentador de TV. É o mais conhecido colunista social do Brasil e considerado o criador do colunismo social eletrônico no país, onde mantém um programa de TV há 39 anos ininterruptos.

Bruno Meyer

Começou no jornalismo pela revista Veja. Foi repórter de cultura e titular da coluna Gente, espaço focado na cobertura de personalidades no Brasil e mundo. É autor do livro "A Vida É uma Festa" e editor deste blog.

E-mail: bruno@amauryjr.com.br

Sobre o blog

Notícias, bastidores e informações exclusivas sobre quem é assunto no showbiz, na cultura, na política, nos negócios e em todas as rodas sociais.

E-mail: contato@amauryjr.com.br