PUBLICIDADE
Topo

#TBT - Barbas, Bigodes e Cavanhaques

Da Redação

18/06/2020 19h18

Será que  Adão era barbudo? Vamos falar do Adão no sentido figurado dos homens das cavernas que não tinham como aparar suas barbas.

Quem sabe? Desde o período paleolítico indícios comprovam  que o homem pré-histórico já possuía hábitos de higiene e vaidade.

Há 30.000 anos atrás, nossos ancestrais descobriram ser possível remover suas barbas com lascas de pedra.

Nas antigas civilizações, as barbas com suas formas e tamanhos, tinham significados diversos, indicando poder, hierarquia, classe social. Era sinal de status. Havia até imitação de barbas em metal e mulheres com barba. Nas China, as barbichas e cavanhaques também eram moda, e na Grécia, os filósofos exibiam fartas barbas.

Conta a história que Alexandre, o Grande, em 345 AC proibiu seus soldados de ter barbas porque acreditava que poderia atrapalhar nas batalhas. Também em Roma a barba fazia parte de um ritual de passagem. Desde seu nascimento até a puberdade os jovens não podiam cortar nem o cabelo nem a barba. No ritual, raspavam todos os pelos do corpo e ofereciam aos deuses. Significava a transformação do menino em homem.  Foi em Roma  que surgiram os primeiros cremes de barbear, produzidos através do óleo de oliva.

Com a separação da Igreja Cristã entre o Oriente e o Ocidente, muitos sacerdotes católicos faziam a barba para não serem confundidos com os clérigos da igreja ortodoxa,  judeus ou muçulmanos.

Em 1770, o francês Jean Jacques Perret criou o primeiro modelo de navalha . Nos séculos 17, 18 e 19 as barbas seguiram várias tendências, acompanhadas ou não de bigodes. Na primeira metade do século 20 as barbas caíram em desuso e muitas instituições governamentais  e empresas não admitiam a presença de barbudos em seu quadro de funcionários mas, os bigodes, ainda permaneceram até os anos 50, com várias tendências: finos, grossos avançando pela face.

O rosto liso era sinônimo de beleza. Mas a partir dos anos 1960 a barba renasceu, principalmente no ocidente sendo adotada pelo movimento hippie e a cultura gay.

Com o cantor Freddie Mercury(foto) entre os anos 70 e 80 os bigodes voltaram a moda.

Depois de um  iato de mais ou menos 20 anos, com os rostos masculinos lisos e totalmente limpos de pelos, ninguém poderia acreditar que a barba voltaria a brotar com força total e sendo cultivada com fervor nas faces masculinas.

Pesquisadores da Universidade Southern Queensland , na Austrália , afirmam que a barba faz bem à saúde . Protege  contra tosse e alergia , deixa a região facial mais jovem pois os  pelos ajudam a hidratar a pele por mais tempo protegendo-a contra o vento e o sol.
Charles Darwin (foto), autor da teoria  da evolução e que ostentava uma robusta e longa barba, acreditava que elas funcionavam como importante indicador de maturidade sexual .
Abraham Lincoln (foto) foi o primeiro barbudo a se candidatar à presidência dos EUA.
Conta a história que deixou crescer a barba por um motivo prosaico: recebeu uma carta de uma menina de 11 anos dizendo que ele deveria usar barba pois ficaria mais bonito.
O jornalista Pedro Dória, autor do livro 1789- A História de Tiradentes ,
conta que o mártir , contrariando a imagem que se faz dele , nunca teve barbas.
Em 1535 o rei Henrique Vlll  criou um imposto sobre barbas que variava de acordo com a posição  social/ econômica do indivíduo.
Uma das barbas  mais famosas da história é a do Pirata Barba Negra que ganhou este nome pelo tamanho e volume. Era negra , grossa e ia até a cintura . Então ele a dividia em tranças  amarradas com fitas coloridas.
Em 1567 o austríaco Hans Steininger , da cidade de Braunan, ficou na história por sustentar uma barba de 1,40m que foi a causa da morte de seu dono. Tropeçou na própria barba , caiu e quebrou o pescoço.
A navalha, em forma de T, foi inventa da por irmãos de uma família americana , os Kampfe. Já a popular lâmina  gilete vem do nome de seu inventor , um caixeiro, também americano chamado King Camp Gillette.
King Camp Gillette

Conta a lenda que no século 16 , os marinheiros misturavam rum com folhas de louro para  criar uma colônia pois era importante ficar cheiroso. Essa  mistura,como passar dos tempos, assumiu a função de loção pós barba .

O presidente brasileiro Campos Salles, diziam as más línguas da época , tinha um especial esmero nos cuidados com seu cavanhaque.Apará-lo com esmero, a qualquer sinal de desalinho virou no dia a dia um hábito meticuloso.
Campos Salles
ALGUNS PERSONAGENS FAMOSOS POR SEUS BIGODES E BARBAS
Papai Noel – o bom velhinho do Natal
Mario Bros – personagem dos videogames
Spock – da série Star Wars
Magnum – da série do mesmo nome
Huck Hogan – astro das lutas da TV
Gandaf e Dumbledore – da série Harry Potter
Sarwan Singh – o indiano com a barba mas longa do mundo, 1,89 m ( segundo Guiness Book )
Por: Celina Ferreira

Sobre o autor

Amaury Jr. é jornalista e apresentador de TV. É o mais conhecido colunista social do Brasil e considerado o criador do colunismo social eletrônico no país, onde mantém um programa de TV há 39 anos ininterruptos.

Sobre o blog

O blog traz notícias, bastidores e informações exclusivas sobre quem é assunto no showbiz, na cultura, na política, nos negócios e em todas as rodas sociais.

E-mail: contato@amauryjr.com.br

Amaury Jr.