PUBLICIDADE
Topo

Blog do Amaury Jr.

Como se conheceram -John Lennon e Yoko Ono

Da Redação

13/06/2021 10h46

Em 1966, John Lennon, ex-aluno da Faculdade de Artes de Liverpool, visitava criações em galerias de arte a oeste de Londres. Em novembro, ele ficou sabendo que uma artista de vanguarda Yoko Ono estaria expondo seu trabalho, denominado "Pinturas e Objetos Não Terminados" no Índica, galeria de arte dirigida por John Dunbar, ex-marido da cantora Marianne Fiel. "Fiquei sabendo que uma mulher maravilhosa estaria exibindo seu trabalho na semana seguinte e que havia alguma coisa , que seria um belo acontecimento e tudo mais ", relembrou John." Por isso fui na pré-estréia. Entrei – e ela não sabia quem eu era -, estava andando por lá, havia um casal de alunos de arte lá na galeria, e fiquei encantado. Uma maçã estava à venda por 200 libras esterlinas, e achei fantástico – percebi o humor do trabalho dela na mesma hora "Lennon ficou interessado em uma escada que levava a um quadro preto" Parecia uma lona preta com uma corrente e uma lupa de detetive na ponta ", disse John. Ele subiu a escada para ler a palavra" sim ", escrita em letras minúsculas" Foi um grande alívio subir a escada ", comentou John," e percebi que não estava escrito 'não', nem 'foda-se' nem algo [negativo], era apenas 'sim ". John Dubar disse a Yoko que ela deveria apresentar-se ao Beatle, vestida toda de preto, ela foi até John e, sem dizer nada, Ihe entregou um cartão que trazia a palavra "Respire". John respondeu obedecendo à ordem. Na época, John era casado com Cynthia Powell. Yoko estava em seu segundo casamento, com Tony Cox. Impressionado com o ma- ravilhoso talento artístico de Yoko, John patrocinou várias de suas descobertas e mantinha uma cópia do livro dela, Grapefruit, ao lado de sua cama, para folhear em busca de inspiração. Ele se sente intelectualmente estimulado pelas idéias originais de Yoko. "Quando ela falava comigo, eu viajava e uma conversa chegava a um nível em que eu viajava cada vez mais alto. Então ela ia embora e eu voltava para o chão. Depois, eu a encontrava de novo, e minha cabeça abria, como se eu tivesse usado ácido. "Em 1967, enquanto estudava meditação transcendental com o iogue Maharishi Mahesh, na Índia (com um grupo que incluía sua esposa, Cynthia, os outros Beatles , o cantor Donovan, a atriz Mia Farrow e o Beach Boy Mike Love), John entrou em contato com Yoko. Em maio, depois de retornar da Índia, John mandou sua esposa Cynthia para uma viagem à Grécia. Enquanto ela viajava, convidou Yoko para ir a sua mansão em Weybridge. Mostrou a ela o estúdio que mantinha em casa, tocou com fitas que possuía de colagens de som, e os dois decidiram fazer uma fita juntos. "Era meia- noite quando ela começou Two Virgins", relembrou John. "Quando acabamos, era madrugada, fizemos amor. Foi lindo." Alguns dias depois, Cynthia voltou para casa e encontrou John e Yoko sentados à mesa da cozinha.

Por: Joey Green

Sobre o autor

Amaury Jr. é jornalista e apresentador de TV. É o mais conhecido colunista social do Brasil e considerado o criador do colunismo social eletrônico no país, onde mantém um programa de TV há 39 anos ininterruptos.

Sobre o blog

O blog traz notícias, bastidores e informações exclusivas sobre quem é assunto no showbiz, na cultura, na política, nos negócios e em todas as rodas sociais.

E-mail: contato@amauryjr.com.br

Amaury Jr.