publicidade

Blog do Amaury Jr

Bisbilhotices: Raul Gil esteve entre os últimos pensamentos de Altemar Dutra

Altemar Dutra, à esquerda, foi um dos maiores cantores de sua época. À direita, Raul Gil, mestre em imitações (Fotos: Reprodução e Divulgação)

 

. O ano era 1983. Altemar Dutra encontrou Raul Gil numa festa e reclamou que ele imitava todo mundo, menos ele. Como era um dos maiores cantores de sua época, achava um absurdo Raul não incluí-lo em suas imitações. E intimou o apresentador:

– Ô Raul, vou amanhã fazer um show em Nova York e, quando voltar, estarei no seu programa. Trate de treinar uma imitação com minha voz, senão vai ter… (Altemar tinha fama suficiente para impor).

E Raul: – Meu bom Altemar, sua voz é difícil. Eu já faço o Miltinho que tem a voz metálica, e isso me confunde…

-Não interessa – arrematou Altemar -, quero vê-lo me imitando.
E partiu para Nova York.

Um dia antes de voltar, mandou um telegrama:
– Faço o show hoje à noite e chego a São Paulo depois de amanhã. Você está ensaiando direitinho?

Pois Altemar Dutra não passou daquele show. Um aneurisma cerebral, em palco, levou-o para sempre.
Raul Gil conta essa história emocionado. E confessa: eu estava prontinho para lhe mostrar uma boa imitação. Ensaiei dias a fio, hora após hora, para homenagear Altemar.

 

Leia mais: